29-11-2018

Cientistas desenvolvem biomarcador fotográfico para identificar idades

A startup estoniana Haut.AI, em parceria com a Insilico Medicine, que usa genômica e análise de dados para descobrir doenças relacionadas à idade, conduziu uma pesquisa para avançar na precisão da previsão da idade. O preditor PhotoAgeClock foi treinado em 8.414 fotos anônimas de alta resolução dos cantos dos olhos.


“O desenvolvimento de biomarcadores confiáveis de envelhecimento baseados em imagens fotográficas da pele e do rosto tem o potencial de acelerar a pesquisa sobre o envelhecimento e ajudar a identificar intervenções que melhorem a saúde e a beleza da pele, em um nível individual. O estudo de múltiplas condições de pele usando IA e visão computacional pode mudar a abordagem sobre os cuidados com a pele”, comentou Anastasia Georgievskaya, CEO da Haut.AI.


Os pesquisadores esperam que os biomarcadores de envelhecimento possam ser usados para detectar precocemente doenças ou impedir o seu surgimento. Eles também poderiam ajudar no desenvolvimento de intervenções biomédicas e tratamentos para a pele nos quais o indivíduo possa viver uma experiência mais personalizada.




Notícias relacionadas

Gehaka lança moinho de rolos com foco em praticidade e produtividade

O MRG2020 tem como objetivo dinamizar o processo de quebra dos grumos, diminuindo o tempo de produção e aumentando a qualidade do produto final

+

Boston sedia congresso sobre microbioma cutâneo

O Skin Microbioma Congress acontecerá nos dias 29 e 30 de maio

+

Future of Formulations in Cosmetics Summit

A quinta edição do evento – que acontecerá nos dias 19 e 20 de junho, em Dusseldorf, Alemanha – apresentará novos ingredientes, tendências e tecnologias na indústria cosmética

+

Seminário de Atualização em Cosmetologia em Salvador

A Tecnopress realiza amanhã a 6ª edição do evento na cidade

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos