26-08-2009

Brasileiro gasta mais com bens não duráveis, diz pesquisa

Estudo realizado pela LatinPanel, empresa especializada em pesquisas de consumo, mostra que os brasileiros estão investindo mais em bens não duráveis, como alimentos, bebidas e artigos de higiene e limpeza. Em relação ao primeiro semestre de 2008, o consumo desses produtos nos primeiros seis meses deste ano cresceu 14%.
O valor gasto pelos consumidores também aumentou, em 19%, em função do encarecimento dos produtos (em 5%). Os grupos alimentos e limpeza foram os que registraram as maiores altas – 15% e 13%, respectivamente. O segmento de bebidas teve crescimento de 8% e o de produtos de higiene pessoal, 6%.
De acordo com o estudo, a cesta de produtos que apresentou maior taxa de crescimento em valor foi a de produtos de higiene. No primeiro semestre deste ano, os gastos aumentaram 26% na comparação com o mesmo período de 2008. O crescimento foi puxado pelos itens de maquiagem, colônias, shampoos e pós-shampoos, além de anti-sépticos bucais.
As classes D e E foram as que mais diversificaram os itens comprados. Essas parcelas de consumidores passaram da média de 22 artigos em 2008 para 27 neste ano. Segundo a LatinPanel, nas categorias mais básicas, a opção dos brasileiros continua sendo pelos itens mais baratos. Já nos produtos com maior sofisticação, o fator mais importante ainda é a força da marca.
A pesquisa, que avaliou a performance de mais de 70 itens, representa mais de 90% do potencial de consumo domiciliar do país.




Notícias relacionadas

Natura anuncia medidas após aquisição da Avon

Executivos informam que a transação não vai alterar estruturas comerciais e as identidades serão mantidas

+

Buscas sobre beleza crescem 37% no Brasil, diz Google

O estudo, que analisou comportamentos de busca no Google e no YouTube, também indica um avanço de 24% no interesse por maquiagem em 2018

+

Natura avança em acordo para compra do controle da Avon

A companhia informa que está “em discussões avançadas” de negociação. Segundo o Financial Times, o valor estimado da transação é de US$ 2 bilhões

+

Panorama de tendências na América Latina

O 24º Colamiqc – Congresso Latino-Americano e Ibérico de Químicos Cosméticos acontece nesta semana, paralelamente à FCE Cosmetique, em São Paulo

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos