24-08-2009

Previsão de economistas é de recuo da inflação e expansão do PIB

Os economistas ouvidos pela pesquisa semanal Focus, realizada pelo Banco Central, diminuíram a previsão para os principais indicadores de inflação neste ano e melhoraram a avaliação em relação ao PIB – cuja estimativa passou de
-0,34% para -0,30%. Para 2010, subiu de 3,80% para 4%.
A estimativa para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve a quarta semana seguida de queda, passando de 4,37% para 4,32%. Para 2010, a estimativa ficou em 4,30%. Quanto ao Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI), a expectativa passou de uma queda de 0,31% para uma deflação de 0,57%. O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) recuou de -0,63% para -0,73%.
Já a previsão quanto ao Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) passou de 4,11% para 4,12%. Para 2010, as previsões para os IGPs e para o IPC-Fipe se mantiveram em 4,5%.
De acordo com a pesquisa, houve melhora na expectativa em relação à produção industrial, de uma retração de 7,18% para 7,05% neste ano. Em relação à Selic, a previsão é de que a taxa básica de juros permaneça inalterada em 8,75% ao ano até 2010, quando os juros voltariam a subir. A estimativa para o dólar no fim deste ano ficou em R$ 1,85.




Notícias relacionadas

DSM tem alta nas vendas globais, com destaque para AL

Em 2018, houve crescimento de 6% ante o ano anterior. Os resultados na América Latina representaram 12% das vendas da empresa

+

E-commerce tem alta de 12% em 2018

Segundo a EbitNielsen, o segmento encerrou o ano com faturamento de R$ 53,2 bilhões. Para 2019, a expectativa é de expansão de 15%, com vendas totais de R$ 61,2 bilhões

+

C&A passa a vender cosméticos em lojas físicas

A iniciativa acontece em parceria com 24 marcas de destaque no mercado, em duas unidades da rede em São Paulo

+

Coty cria comitê para avaliar proposta da JAB Holding Company

Na última semana, a fabricante francesa de cosméticos recebeu da empresa de investimentos alemã uma oferta de compra de até 150 milhões de ações. Com a transação, a fatia da JAB na Coty aumentaria de 39% para 60%

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos