20-06-2022

Revlon pede falência

Revlon pede falência
A Revlon, fabricante de cosméticos há 90 anos, entrou com pedido de falência. A empresa listou ativos e passivos entre US$ 1 bilhão e US$ 10 bilhões em um processo judicial. Em seu pedido de falência, a Revlon afirmou que as interrupções na cadeia de suprimentos provocaram intensa competição por insumos usados para fabricar seus produtos. Ao mesmo tempo, fornecedores que tradicionalmente ofereciam até 75 dias para pagamento começaram a exigir o recebimento antes de novos pedidos.


A Revlon foi fundada em 1932 pelos irmãos Charles e Joseph Revson e por Charles Lachman. Nos últimos anos, a empresa teve queda nas vendas e perdeu espaço no mercado para startups apoiadas por celebridades, como Kylie Cosmetics, de Kylie Jenner, e Fenty Beauty, de Rihanna.




Notícias relacionadas

Henkel lança, no Brasil, o primeiro e-commerce da história da empresa

O site Clube do Cabelo Pro comercializa as marcas Schwarzkopf Professional, Authentic Beauty Concept e STMNT Grooming Goods

+

Natura, Grupo Boticário e Avon são destaques em ranking ESG

Elas ocupam, respectivamente, a primeira, segunda e quinta colocação no ranking elaborado pelo Monitor Empresarial de Reputação Corporativa, que elegeu as 100 empresas mais responsáveis do Brasil em 2021

+

IBGE: desemprego fica abaixo de 10% no Brasil

A taxa caiu para 9,8% no trimestre de março a maio, o menor patamar para o período desde 2015

+

Novas embalagens de Kaiak, da Natura, têm 50% de plástico reciclado retirado do litoral

A empresa informa que, para o lançamento da nova embalagem, serão reaproveitadas 102 toneladas de plástico em um ano

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos