27-01-2022

Evonik investe na produção de ramnolipídios em escala industrial

Evonik investe na produção de ramnolipídios em escala industrial
A Evonik está investindo um valor de três dígitos de milhões de euros na construção de uma nova unidade de produção de ramnolipídios de fonte biológica e totalmente biodegradáveis. Ramnolipídios são biossurfactantes e servem como ingredientes ativos em sabonetes líquidos para cuidado pessoal e detergentes domésticos.


O investimento no parque industrial de Slovenská Ľupča, na Eslováquia, reforça a parceria da Evonik com o grupo de produtos de consumo Unilever, que teve início em 2019. O investimento também permite que a Evonik continue ampliando a sua posição no promissor mercado dos biossurfactantes. A nova planta deverá iniciar suas operações em dois anos.


“Nós investimos mais de 400 milhões de euros ao ano em pesquisa e desenvolvimento”, disse Harald Schwager, Chief Innovation Officer da Evonik. “A jornada dos ramnolipídios, da ideia inicial ao produto acabado, foi longa mas valeu a pena. Essa parceria com a Unilever é consequência da nossa expertise em biotecnologia”, completou.


Os ramnolipídios são produzidos por meio da fermentação do açúcar. “Os carbonos fósseis e as gorduras tropicais, que até agora eram usados na produção dos surfactantes convencionais, tornam-se supérfluos”, diz a Evonik. A biodegradação dos ramnolipídios os tornam uma alternativa sustentável que também oferece excelentes propriedades de espumação e suavidade em contato com a pele. As aplicações são variadas e vão além dos agentes de limpeza, alcançando o setor de cuidado pessoal.


A divisão de life sciences Nutrition & Care da Evonik estabeleceu o objetivo de aumentar as vendas de system solutions dos atuais 20% para mais de 50% até 2030. Nos últimos 25 anos, o site da Evonik na Eslováquia se tornou um centro estratégico de biotecnologia e tem uma equipe de especialistas altamente qualificados.




Notícias relacionadas

Abihpec: corrente de comércio do setor cresce 4,8% de janeiro a abril

O setor manteve superávit na balança comercial do primeiro quadrimestre de 2022. Sabonetes e produtos para os cabelos foram os itens mais exportados no período

+

Confiança do consumidor recua em maio, aponta FGV

O Índice de Confiança do Consumidor diminuiu 3,1 pontos em relação a abril

+

Falta política de diversidade nas empresas, diz pesquisa da Fundação Dom Cabral

Apenas 34% dos 405 executivos entrevistados afirmaram ter programas para mulheres, negros, pessoas com deficiência e LGBTQIA+ em suas empresas

+

L’Oréal investe na startup japonesa Sparty

O negócio marca o primeiro investimento de capital de risco do grupo no mercado de beleza japonês

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos