14-10-2021

Henkel Beauty Care incorpora práticas sustentáveis na linha Igora Royal

Henkel Beauty Care incorpora práticas sustentáveis na linha Igora Royal
A Schwarzkopf Professional, marca alemã de cuidados com os cabelos, relançou sua linha de coloração Igora Royal em novas embalagens, agora com caixas de papel feitas de cana de açúcar e tubos de alumínio e tampas de plástico 100% reciclados.


A marca informa que os tubos produzidos com 100% de alumínio reciclado equivalem ao uso de 350 toneladas de alumínio não reciclado por ano. As tampas feitas com 100% de plástico reciclado representam uma economia de 80 toneladas de plástico não reciclado por ano. As embalagens feitas com 96% de papel de cana-de-açúcar evitam o uso de 340 toneladas de papel não reciclado por ano.


"Nosso objetivo é continuar incentivando os coloristas a utilizarem sua criatividade, sem esquecer do cuidado com o meio ambiente, a saúde dos fios e a personalidade de cada consumidor. Com as novas embalagens e identidade visual de Igora, buscamos formar coloristas que utilizem produtos confiáveis e de alto desempenho, além de educar esses profissionais para realizarem serviços de alta qualidade, agregando a visão de fazer mais com menos", disse Camilla Garcia, gerente de Marketing e Digital de Schwarzkopf Professional Brasil.


A Henkel reduziu para 39% as emissões de CO2, resíduos e uso de água na fabricação de seus produtos, excedendo a meta estipulada para 2020, que era de 30%. A empresa tem como objetivo reduzir em 65% sua emissão de carbono até 2025 e, até 2030, utilizar eletricidade apenas de fontes renováveis.




Notícias relacionadas

Grupo Boticário desenvolve Centro de Pesquisa do Olfato

O centro de pesquisa reunirá pesquisadores, médicos e especialistas em neurociência, em perfumaria e em comportamento humano

+

FCE Cosmetique começa hoje

O evento, realizado nos dias 30 de novembro a 2 de dezembro, terá mais de 400 marcas expondo seus produtos e lançamentos

+

Confiança do setor de serviços recua ao menor nível em cinco meses, diz FGV

Em novembro, o Índice de Confiança de Serviços teve queda de 2,3 pontos e foi a 96,8 pontos

+

IGP-M desacelera em novembro

O índice teve variação de 0,02%, após alta de 0,64% em outubro, apontou a FGV

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos