16-09-2021

Inflação é maior para famílias de menor renda, diz Ipea

Inflação é maior para famílias de menor renda, diz Ipea
O Indicador de Inflação por Faixa de Renda, apurado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostrou que a inflação das famílias mais pobres aumentou 0,91% em agosto. O avanço é resultado da alta dos alimentos, mais relevantes na cesta de consumo dessas famílias. A inflação das faixas de renda muito baixa e baixa acumula alta de 10,63% e 10,37%, respectivamente, em 12 meses.


A inflação das famílias de renda média subiu 0,87% em agosto e a das famílias de renda alta aumentou 0,78% – com inflação acumulada em 12 meses de 9,46% e 8,04% para esses dois grupos. De acordo com o Ipea, além do menor peso dos alimentos na cesta de consumo, as famílias de maiores rendimentos se beneficiam de uma pressão menor da inflação de serviços. O Ipea aponta que a reabertura deve mudar o cenário, com altas nos preços de serviços neste último trimestre.




Notícias relacionadas

Embacaps comemora 35 anos com a abertura da filial em São Paulo

2021 é o ano em que a Embacaps completa 35 anos. Também é o ano em que a empresa trilhou novos caminhos e abriu sua sede em São Paulo. O momento é marcado por conquistas e comemorações

+

Estée Lauder comemora 1º semestre no Brasil com portfólio mundial completo

A meta da marca norte-americana é se tornar líder em skin care no país

+

Confiança do consumidor tem alta após dois meses seguidos de quedas, diz FGV

O ICC subiu 1,0 ponto em outubro ante setembro, na série com ajuste sazonal

+

FMI aumenta para 6,3% a estimativa de crescimento do PIB na AL e Caribe

A revisão representa alta de 1,7 ponto porcentual em comparação à estimativa feita em abril

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos