28-07-2020

Índice de confiança do comércio sobe 1,7 ponto em julho, diz FGV

Na terceira alta consecutiva, o Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 1,7 ponto na passagem de junho para julho, para 86,1 pontos, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). O resultado do mês foi influenciado pela alta do componente que mede a percepção com o momento presente, bem como pela acomodação do indicador de expectativas, que tinha avançado no último mês.


“Ainda é preciso cautela na interpretação do resultado, considerando que houve recuperação de apenas 65% do que foi perdido no início da pandemia. Para os próximos meses, persiste o cenário de elevada incerteza e de fragilidade no mercado de trabalho, sugerindo dificuldades na recuperação total do setor”, destacou Rodolpho Tobler, coordenador da Sondagem do Comércio no Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/FGV).


O Índice de Situação Atual (ISA-COM) subiu 6,4 pontos, para 88 4 pontos, recuperando 83% do que foi perdido desde o início do agravamento da pandemia no Brasil. O Índice de Expectativas (IECOM) recuou 3 pontos, para 84,5 pontos, e ainda está 22,5 pontos aquém do resultado de fevereiro.




Notícias relacionadas

Mitos e verdades sobre o uso de cosméticos na pandemia

É possível ter uma pele bronzeada em pleno isolamento social? A especialista em sun care e skin care Juliana Flor, da DSM, esclarece esta e outras questões

+

Givaudan conclui aquisição da Alderys

O negócio permitirá a expansão do portfólio de produtos naturais e de fontes biológicas da companhia

+

Varejo paulista tem queda de 13,3% em maio, diz FecomercioSP

Foi o quarto pior resultado para o mês desde o início da série histórica, em 2008

+

L’Oréal Brasil abre 500 vagas para curso on-line e gratuito de cosmetologia

A segunda edição do programa "Cientistas do Futuro" receberá inscrições de universitários de todo o país

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos