21-05-2020

Grupo Laces converte salões de beleza em mercados orgânicos

Grupo Laces converte salões de beleza em mercados orgânicos
As unidades paulistanas da rede de salões de beleza focados em sustentabilidade do grupo Laces estão fechadas desde o início da quarentena na cidade. No entanto, nesta última segunda-feira, 18, duas delas reabriram para o público. Por meio de uma parceria com a empresa de alimentos Solli Orgânicos e Naturais e a Fazenda Urbana Be Green essas unidades foram transformadas em mini mercados temporários.


As unidades são a Laces and Hair, em Moema, e a Bioma Salon Aveda, nos Jardins. Os bairros estão localizados, respectivamente, nas zonas sul e oeste da capital paulista. Batizadas como “Bioma Secos e Molhados”, as lojas passaram a vender itens de necessidade básica, nas áreas de hortifrúti, mercearia, adega, padaria, limpeza e produtos de beleza, totalizando mais de mil produtos de diversas marcas e pequenos produtores. As compras podem ser feitas presencialmente, on-line com retirada de produtos presencialmente ou via delivery.




Notícias relacionadas

Givaudan anuncia futura aquisição da Alderys

A compra da empresa francesa de biotecnologia permitirá a expansão do portfólio de produtos naturais e de fontes biológicas da companhia

+

IGP-M desacelera alta a 0,28% em maio, diz FGV

O Índice de Preços ao Consumidor, que tem peso de 30% sobre o índice geral, teve recuo de 0,60%

+

Confiança da indústria tem pequena recuperação em maio, diz FGV

O Índice de Confiança da Indústria subiu de 3,2 pontos em maio. A alta, contudo, não compensa as fortes perdas registradas de fevereiro a abril

+

Naturaltech e Bio Brazil Fair | Biofach America Latina é adiada para 2021

O evento, que abrange as áreas de alimentos, moda, cosméticos, produtos de higiene e serviços, acontecerá em junho do próximo ano

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos