21-05-2020

Grupo Laces converte salões de beleza em mercados orgânicos

Grupo Laces converte salões de beleza em mercados orgânicos
As unidades paulistanas da rede de salões de beleza focados em sustentabilidade do grupo Laces estão fechadas desde o início da quarentena na cidade. No entanto, nesta última segunda-feira, 18, duas delas reabriram para o público. Por meio de uma parceria com a empresa de alimentos Solli Orgânicos e Naturais e a Fazenda Urbana Be Green essas unidades foram transformadas em mini mercados temporários.


As unidades são a Laces and Hair, em Moema, e a Bioma Salon Aveda, nos Jardins. Os bairros estão localizados, respectivamente, nas zonas sul e oeste da capital paulista. Batizadas como “Bioma Secos e Molhados”, as lojas passaram a vender itens de necessidade básica, nas áreas de hortifrúti, mercearia, adega, padaria, limpeza e produtos de beleza, totalizando mais de mil produtos de diversas marcas e pequenos produtores. As compras podem ser feitas presencialmente, on-line com retirada de produtos presencialmente ou via delivery.




Notícias relacionadas

CMN amplia limite de renda para microcrédito

A medida pretende aperfeiçoar o programa de microcrédito produtivo orientado e ampliar o número de beneficiários atendidos

+

Boticário tem processo de estágio 100% on-line e sem testes de inglês

O grupo também informa que, pela primeira vez, o programa de estágio no setor de tecnologia aceitará candidatos autodidatas em programação

+

Pesquisa destaca relação entre problemas dermatológicos e saúde mental

De acordo com um levantamento feito no Reino Unido, 98% dos portadores de doenças de pele entrevistados afirmaram que sua condição afeta seu bem-estar emocional e psicológico

+

IPCA-15 de setembro é o maior para o mês desde 2012

O índice avançou 0,45%, pressionado pelos preços de alimentos e bebidas, aponta o IBGE

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos