28-02-2020

Confiança no setor de serviços recua em fevereiro

O Índice de Confiança de Serviços (ICS) caiu 1,7 ponto na passagem de janeiro para fevereiro, para 94,4 pontos, na série com ajuste sazonal, segundo dados da Fundação Getulio Vargas (FGV). Em médias móveis trimestrais, o índice teve redução de 0,3 ponto, interrompendo a tendência ascendente iniciada em julho do ano passado.


“O resultado vem sendo influenciado pela piora da percepção sobre a situação atual, mas o destaque esse mês foi a diminuição das expectativas, após três meses de alta. A combinação sugere um início de ano com ritmo lento e poucas perspectivas de recuperação mais forte nos próximos meses”, avaliou Rodolpho Tobler, economista do Instituto Brasileiro de Economia da FGV (Ibre/GV), em nota.


Em fevereiro, houve piora em seis das 13 principais atividades pesquisadas. O Índice de Situação Atual (ISA-S) recuou 1,3 ponto, para 90,2 pontos, enquanto o Índice de Expectativas (IE-S) diminuiu 2,0 pontos, para 98,9 pontos. O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) do setor de serviços subiu 0,6 ponto porcentual em fevereiro, para 82,9%, o maior nível desde junho de 2016.




Notícias relacionadas

Lowell faz distribuição gratuita de kits de máscaras e álcool em gel

A marca deve distribuir 20 mil kits de biossegurança até o mês de junho

+

Confiança do consumidor tem leve alta, aponta FGV

Houve melhora na confiança em todas as faixas de renda familiar, exceto entre as famílias mais pobres

+

Vendas de produtos essenciais crescem 15,3% na 1ª semana de maio, diz Nielsen

Os destaques foram os grupos Alimentos, Sazonais, Bazar e Têxtil. No segmento Higiene & Beleza, a variação foi de 12,9% ante a semana anterior

+

Prévia da confiança da indústria tem leve recuperação, diz FGV

Segundo a prévia da Sondagem da Indústria, o indicador subirá 2,4 pontos em maio, depois de registrar queda recorde em abril

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos