18-02-2020

Intenção de consumo chega ao maior nível desde abril de 2015, diz CNC

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a Intenção de Consumo das Famílias (ICF) em fevereiro subiu 1,2% na comparação com janeiro, após duas quedas consecutivas, alcançando 99,3 pontos, maior patamar desde abril de 2015.


Em relação a fevereiro de 2019, o ICF cresceu 0,8%. Apesar da melhora, o indicador permanece abaixo do patamar de satisfação, a zona acima de 100 pontos. Na passagem de janeiro para fevereiro, houve melhora nos componentes referentes a emprego e renda. O item que avalia o emprego atual teve alta de 0,8%, para 119,9 pontos, enquanto o componente perspectiva profissional subiu 0,3%, para 108,7 pontos.


A avaliação sobre a renda atual teve avanço de 1,6%, para 114,6 pontos, e o acesso ao crédito cresceu 4,3%, para 95,4 pontos. O componente que estima o nível de consumo atual subiu 4,1%, para 76,6 pontos, enquanto a perspectiva de consumo avançou 3,1%, para 100,3 pontos. “A percepção de consumo dos brasileiros superou, pela primeira vez desde março de 2019, o nível de 100 pontos, evidenciando satisfação com as expectativas de consumir”, afirmou a economista da CNC Catarina Carneiro da Silva.




Notícias relacionadas

Natura terá novo centro de distribuição no Peru

A unidade será lançada no segundo semestre deste ano, em Lima

+

IPC-S tem deflação de 0,54% em maio, diz FGV

O indicador recuou nas sete capitais pesquisadas

+

Cosmoprof North America é adiada para junho de 2021

A 18ª edição do evento acontecerá nos dias 27 a 29 de junho, em Las Vegas

+

“Caminhos para a indústria de cosméticos pós-pandemia”

Este é o tema da série de debates on-line Bate-papo C&T. O primeiro debate acontece no dia 9 de junho, com as presenças de Daniel Barreto, Evaristo Gomes, Israel Feferman e Luciano Fagliari

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos