06-11-2019

Receita da Avon recua 16,2% no terceiro trimestre

Receita da Avon recua 16,2% no terceiro trimestre
No trimestre encerrado em 30 de setembro, a receita da Avon teve queda de 16,2%, para US$ 1,19 bilhão, ante o resultado de US$ 1,42 bilhão registrado no mesmo período do ano passado. Em comunicado, a empresa informou que medidas tomadas como parte de sua estratégia de recuperação afetaram os resultados operacionais.


A América Latina apresentou o maior recuo na receita (-23%), totalizando US$ 494 milhões. As vendas também caíram (-10%, para US$ 398,3 milhões) na região EMEA (Europa, Oriente Médio e África); na América do Norte (-11%, para US$ 184,7 milhões); e na região Ásia-Pacífico (-12%, para US$ 106,3 milhões).


“Como esperado, as receitas diminuíram à medida que continuamos fazendo escolhas mais significativas, projetadas para impulsionar um negócio mais saudável, sustentável e lucrativo”, afirmou Jan Zijderveld, CEO da Avon. O executivo também destacou que, apesar dos declínios gerais, a empresa viu um aumento de 4% nas vendas representativas médias, em parte graças à América Latina e à região Ásia-Pacífico.


O lucro trimestral da empresa totalizou US$ 106,9 milhões, uma queda de 6% em relação ao terceiro trimestre de 2018. No acumulado do ano, a Avon registrou receita total de US$ 3,5 bilhões, representando um recuo de 15% em relação aos US$ 4,2 bilhões reportados pela empresa nos três primeiros trimestres do ano passado.




Notícias relacionadas

Confiança da indústria tem pequena recuperação em maio, diz FGV

O Índice de Confiança da Indústria subiu de 3,2 pontos em maio. A alta, contudo, não compensa as fortes perdas registradas de fevereiro a abril

+

Naturaltech e Bio Brazil Fair | Biofach America Latina é adiada para 2021

O evento, que abrange as áreas de alimentos, moda, cosméticos, produtos de higiene e serviços, acontecerá em junho do próximo ano

+

IBGE: IPCA-15 de maio é o menor desde implantação do Plano Real

Houve deflação de 0,59%. Cinco dos nove grupos de produtos e serviços pesquisados registraram deflação

+

Pesquisa da Visa aponta alta no e-commerce na América Latina

No primeiro trimestre, mais de 13 milhões de portadores do cartão na AL e Caribe realizaram sua primeira compra on-line ou a fizeram após uma pausa de 15 meses

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos