22-10-2019

Coty pretende vender operação no Brasil

Coty pretende vender operação no Brasil
A multinacional francesa Coty estuda vender sua operação no Brasil, como parte de um processo de reestruturação para simplificar as operações. A companhia também anunciou a intenção de vender sua unidade de negócios de produtos profissionais para cabelos e unhas, que inclui marcas como Wella, Clairol e OPI.


No Brasil, a companhia é dona de marcas como Monange, Bozzano e Risqué. Juntas, todas as operações que devem ser colocadas à venda vão gerar receita de US$ 2,7 bilhões no ano fiscal de 2019. A empresa usaria os recursos para quitar dívidas e devolver o excesso de caixa aos acionistas. Além disso, o objetivo da venda, segundo a Coty, é poder centrar seus esforços na unidade de fragrâncias, cosméticos e produtos para o cuidado da pele.


A unidade de produtos de beleza profissionais da Coty registrou cerca de US$ 1,81 bilhão em vendas no ano fiscal de 2019 e representou cerca de 21% da receita total. A unidade de beleza para consumidores, no entanto, enfrenta dificuldades devido ao fraco desempenho das marcas adquiridas da Procter & Gamble – como Covergirl e Max Factor – acarretando o registro de bilhões de dólares em baixas contábeis.


O conselho de administração do grupo nomeou o Credit Suisse para ajudar na revisão estratégica dos negócios, bem como nas operações brasileiras da empresa e prevê que o processo seja concluído no verão de 2020.




Notícias relacionadas

Henkel adquire a DevaCurl

Criada em 2002, a marca norte-americana é referência em produtos profissionais para cabelos cacheados

+

Economistas elevam para 3,31% a estimativa de inflação em 2019

A projeção integra o boletim Focus, divulgado pelo Banco Central. A expectativa continua abaixo da meta central, de 4,25%

+

IPCA tem menor taxa para o mês de outubro desde 1998

A inflação oficial do país subiu 0,10% no mês passado. Em 12 meses, o índice avançou 2,54%, abaixo dos 2,89% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores

+

The Body Shop apoia projeto social no Brasil

A marca reverterá parte do valor das vendas realizadas até 25 de dezembro ao projeto Escola de Liderança para Meninas, mantido em três estados do país

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos