19-09-2019

Volume de vendas do setor cai 10,9% de janeiro a julho, diz Abihpec

Volume de vendas do setor cai 10,9% de janeiro a julho, diz Abihpec
Segundo dados da Abihpec, a indústria de cosméticos, higiene e perfumaria registrou queda de 10,9% em volume de vendas de janeiro a julho de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado. A queda foi puxada pelos produtos de higiene pessoal e perfumaria, cujos volumes caíram 19,3% e 8,5%, respectivamente.


Em coletiva de imprensa durante a in-cosmetics Latin America, João Carlos Basilio, presidente da entidade, afirmou que o resultado é efeito não só das dificuldades econômicas do país, mas também de um “aumento brutal” da carga tributária do setor nos últimos anos. “Nunca tivemos uma queda tão expressiva com estamos tendo agora e isso é fruto de termos diminuído significativamente as promoções no mercado”, disse.


Em termos de faturamento, o setor atingiu um total de R$ 30,4 bilhões de janeiro a julho, aumento nominal de 5,3% em relação ao mesmo período de 2018. Descontada a inflação, o crescimento recua para 1,5%. Basilio destaca o aumento de impostos sobre o setor em 2015, que elevou o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) nas distribuidoras para 15%, o que provocou um efeito cascata na cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos Estados. “A indústria toda repassou esse IPI para os preços. Avisamos que a decisão seria um tiro no pé, que não traria os benefícios imaginados. A arrecadação não aumentou e a sociedade está pagando”, afirmou.




Notícias relacionadas

O Boticário muda fachadas de lojas em campanha sobre reciclagem

Lojas de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador exibem frascos, potes e bisnagas vazias. Ação é parte da campanha para estimular a destinação adequada de embalagens de cosméticos

+

L’Oréal finaliza acordo para compra de marcas da Clarins

O grupo adquire a divisão de fragrâncias da Clarins, que em 2018 registrou um faturamento de 340 milhões de euros

+

Coty pretende vender operação no Brasil

A companhia também anunciou a intenção de vender sua unidade de negócios de produtos profissionais para cabelos e unhas, que inclui marcas como Wella, Clairol e OPI

+

Instagram supera Facebook em engajamento, aponta pesquisa

Os segmentos de moda e beleza foram os que mostraram melhor performance na rede social, segundo levantamento da Socialbakers

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos