19-07-2019

Comércio eletrônico cresce 12% no primeiro semestre, diz Ebit-Nielsen

Levantamento feito pela Ebit-Nielsen aponta que o e-commerce brasileiro faturou R$ 26,4 bilhões no primeiro semestre de 2019 e teve crescimento de 12% em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando registrou receita de R$ 23,6 bilhões. O número de pedidos aumentou 20%, passando de 54,4 milhões para 65,2 milhões de compras.


Também houve avanço no registro de novos entrantes: 18% dos consumidores tiveram a sua primeira experiência de compra on-line. A pesquisa confirma a consolidação do comércio eletrônico como canal de vendas em eventos sazonais, como Carnaval, Dia das Mães e Dia dos Namorados.


No entanto, mesmo apresentando um cenário positivo no semestre, o segmento registrou queda de 7% no ticket médio, reduzido de R$ 433 para R$ 404. Segundo a Ebit-Nielsen, a expectativa é que o segundo semestre seja melhor que o primeiro e que 2019 feche com vendas de R$ 59,8 bilhões, uma expansão de 12% ante os R$ 53,2 bilhões registrados em 2018. Os pedidos também devem permanecer crescendo, atingindo a marca dos 144 milhões, 18% acima do observado no período anterior.




Notícias relacionadas

Congresso virtual da IFSCC terá 10 dias de programação

O IFSCC 2020 Virtual Congress Yokohama acontecerá nos dias 21 a 30 de outubro

+

Keune destaca ações de apoio a profissionais de beleza

Por meio do e-commerce da marca, cabeleireiros podem oferecer descontos especiais aos clientes e garantir benefícios exclusivos para o salão

+

Live Edição Temática: soluções em matérias-primas

Daniella Francischetti, gerente de marketing da Solabia, abordará o tema com foco em tinturas capilares. A live acontece nesta quinta-feira

+

Intimus amplia linha antibacteriana

A marca da Kimberly-Clark Brasil apresenta o projeto “Ela Pode”, com foco na educação sobre higiene íntima, e itens como sabonete íntimo e lenços umedecidos

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos