19-07-2019

Comércio eletrônico cresce 12% no primeiro semestre, diz Ebit-Nielsen

Levantamento feito pela Ebit-Nielsen aponta que o e-commerce brasileiro faturou R$ 26,4 bilhões no primeiro semestre de 2019 e teve crescimento de 12% em comparação ao mesmo período do ano anterior, quando registrou receita de R$ 23,6 bilhões. O número de pedidos aumentou 20%, passando de 54,4 milhões para 65,2 milhões de compras.


Também houve avanço no registro de novos entrantes: 18% dos consumidores tiveram a sua primeira experiência de compra on-line. A pesquisa confirma a consolidação do comércio eletrônico como canal de vendas em eventos sazonais, como Carnaval, Dia das Mães e Dia dos Namorados.


No entanto, mesmo apresentando um cenário positivo no semestre, o segmento registrou queda de 7% no ticket médio, reduzido de R$ 433 para R$ 404. Segundo a Ebit-Nielsen, a expectativa é que o segundo semestre seja melhor que o primeiro e que 2019 feche com vendas de R$ 59,8 bilhões, uma expansão de 12% ante os R$ 53,2 bilhões registrados em 2018. Os pedidos também devem permanecer crescendo, atingindo a marca dos 144 milhões, 18% acima do observado no período anterior.




Notícias relacionadas

L’Oréal Brasil abre 500 vagas para curso on-line e gratuito de cosmetologia

A segunda edição do programa "Cientistas do Futuro" receberá inscrições de universitários de todo o país

+

Risqué doa kits para apoiar manicures no retorno ao trabalho

O kit "Back to Work" oferece álcool em gel, máscaras, viseira tipo face shield e produtos da marca

+

PMI Industrial do Brasil sobe para 58,2 pontos em julho

O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês), divulgado pelo instituto IHS Markit, ficou quase seis pontos acima do nível de junho

+

Confiança da indústria tem terceira alta seguida, diz FGV

O indicador recuperou 79% das perdas ocorridas no bimestre março-abril

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos