15-05-2019

L’Oréal avança em seu programa de sustentabilidade

Em relatório anual divulgado recentemente, a L’Oréal destaca os avanços de seu programa de sustentabilidade. Em 2018, a companhia reduziu as emissões de carbono de suas fábricas e centros de distribuição em 77% na comparação com 2005. Nesse período, o volume de produção cresceu 38%.


Até o final do ano passado, 38 unidades de produção da L’Oréal atingiram a neutralidade de carbono. A multinacional também ressalta o incentivo às marcas do grupo para que aumentem a conscientização e mobilizem parceiros, clientes e consumidores a respeito de questões ambientais e sociais. Como parte do programa “Sharing Beauty with All”, as marcas identificam uma causa específica e veiculam campanhas de conscientização. Em 2018, mais da metade das marcas do grupo (57%) desenvolveu esse tipo de ação, incluindo Armani, Biotherm, Garnier, La Roche-Posay e Ralph Lauren Fragrances.


Desde 2014, as equipes da L’Oréal, com o apoio de especialistas, trabalham no desenvolvimento de uma metodologia para medir o desempenho ambiental e social de um produto e identificar formas de melhorá-lo. A Ferramenta de Otimização de Produtos Sustentáveis (SPOT, na sigla em inglês) foi implantada em todas as marcas do grupo. Em 2018, todos os produtos do grupo foram submetidos à avaliação SPOT e 79% dos lançamentos feitos durante o ano foram aprimorados.




Notícias relacionadas

Natura e Heineken fazem parceria para reciclagem no Rock in Rio 2019

A principal iniciativa será a coleta e transformação dos copos plásticos usados durante o evento em componentes de embalagens da linha Natura Homem

+

Givaudan adquire a Fragrance Oils

A fabricante britânica de perfumes e aromas exporta seus produtos para mais de 90 países

+

in-cosmetics Asia tem inscrições abertas

O principal evento direcionado às inovações e tendências em ingredientes para o setor cosmético na região Ásia-Pacífico acontecerá nos dias 5 a 7 de novembro, na Tailândia

+

Consumidor brasileiro está cada vez mais omnichannel, diz pesquisa

Estudo feito pela Lett e Opinion Box aponta que 64% dos entrevistados preferem comprar em lojas físicas, mas pesquisam preços e buscam informações on-line

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos