13-05-2019

Vendas da Revlon recuam 1,3% no primeiro trimestre

O grupo Revlon informou que suas vendas líquidas diminuíram 1,3%, para US$ 553,2 milhões, no primeiro trimestre encerrado em 31 de março, ante US$ 560,7 milhões no mesmo período do ano passado. No entanto, a companhia ressaltou que tanto a sua marca homônima, como a Elizabeth Arden tiveram um forte crescimento na receita.


As marcas Revlon e Elizabeth Arden registraram crescimento nas vendas de 7,9 e 5,4%, respectivamente. O EBITDA ajustado foi de US$ 38,8 milhões, contra US$ 4,2 milhões no ano passado. O prejuízo líquido foi de US$ 75,1 milhões no primeiro trimestre, inferior aos US$ 90,3 milhões registrados no mesmo período do ano passado. “Nossas áreas de foco estratégico, que são comércio eletrônico, cuidados com a pele de Elizabeth Arden, China e varejo de viagem continuaram dando bons resultados e, graças à um resultado operacional melhor, conseguimos obter crescimento do EBITDA ajustado pelo terceiro trimestre consecutivo”, afirmou Debra Perelman, diretora geral da Revlon.




Notícias relacionadas

Natura e Heineken fazem parceria para reciclagem no Rock in Rio 2019

A principal iniciativa será a coleta e transformação dos copos plásticos usados durante o evento em componentes de embalagens da linha Natura Homem

+

Givaudan adquire a Fragrance Oils

A fabricante britânica de perfumes e aromas exporta seus produtos para mais de 90 países

+

in-cosmetics Asia tem inscrições abertas

O principal evento direcionado às inovações e tendências em ingredientes para o setor cosmético na região Ásia-Pacífico acontecerá nos dias 5 a 7 de novembro, na Tailândia

+

Consumidor brasileiro está cada vez mais omnichannel, diz pesquisa

Estudo feito pela Lett e Opinion Box aponta que 64% dos entrevistados preferem comprar em lojas físicas, mas pesquisam preços e buscam informações on-line

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos