12-04-2019

CNI reduz para 1,1% a projeção de crescimento da indústria em 2019

A indústria brasileira deve fechar o ano com crescimento de 1,1%, segundo estimativa da Confederação Nacional da Indústria (CNI). A taxa é quase um terço da projeção feita em dezembro do ano passado, quando o setor esperava uma expansão de 3% para este ano.


A entidade aponta que a expectativa de baixo crescimento é fruto da percepção de que a tramitação das reformas estruturais da economia brasileira – como a reforma da Previdência – será mais complexa e demorada do que se imaginava. Por meio de seu Informe Conjuntural, a CNI também revisou suas estimativas para o crescimento da economia como um todo. A previsão passou de 2,7% para 2%.


As previsões da entidade para as contas do governo melhoraram: o déficit primário projetado caiu de 1,57% do PIB em dezembro para 1,39%. A estimativa para a dívida do setor público caiu de 79,5% para 72,2% do PIB.




Notícias relacionadas

Lubrizol integra divisões para criar a Lubrizol Life Science

A empresa reorganizou suas linhas de negócios – Personal, Home e Health Care – sob uma nova marca

+

Atividade econômica volta a subir em maio, aponta BC

Depois de quatro quedas consecutivas, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve alta de 0,54% na comparação mensal

+

Nivea tem ação focada no Nordeste

A campanha “Se colocando na sua pele” tem foco nas consumidoras da região e aborda a empatia

+

Colgate compra a marca francesa de skincare Filorga

A companhia anunciou a aquisição da unidade de cuidados com a pele dos Laboratoires Filorga Cosmétiques, por 1,5 bilhão de euros

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos