09-04-2019

IGP-DI desacelera em março, aponta FGV

Com menor pressão dos preços no atacado, o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) desacelerou a alta em março para 1,07%, depois de registrar variação de 1,25% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). O IGP-DI é usado como referência para correções de preços e valores contratuais e empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB).


O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI), que responde por 60% do indicador, teve alta de 1,35% no mês, após subir 1,79% em fevereiro. Responsável por 30% do IGP-DI, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI) acelerou a alta a 0,65% em março, contra 0,35% na leitura anterior.


Cinco das oito classes de despesas que compõem o IPC-DI mostraram acréscimo em suas taxas de variação. O destaque foi o grupo Transportes, que subiu 1,22%, depois de uma variação negativa de 0,01%. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI), por sua vez, subiu 0,31% no período, após avançar 0,09% em fevereiro.




Notícias relacionadas

Avon vende unidade da América do Norte à LG Household & Health Care

A operação, no valor de US$ 125 milhões, deverá ser concluída em setembro

+

IPCA-15 é o mais elevado para o mês de abril em quatro anos

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), que mede a prévia da inflação oficial, ficou em 0,72%

+

Clarins apoia projeto para redução de plásticos nos oceanos

A marca apoiará a Plastic Odyssey, uma expedição de três anos por algumas das costas mais poluídas do planeta

+

Pesquisa da Avon revela dados sobre cuidado facial no Brasil

O estudo “A relação das brasileiras com a pele do rosto” investigou os hábitos de mulheres de 25 a 60 anos, de todas as regiões do país

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos