09-04-2019

IGP-DI desacelera em março, aponta FGV

Com menor pressão dos preços no atacado, o Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) desacelerou a alta em março para 1,07%, depois de registrar variação de 1,25% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). O IGP-DI é usado como referência para correções de preços e valores contratuais e empregado no cálculo do Produto Interno Bruto (PIB).


O Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-DI), que responde por 60% do indicador, teve alta de 1,35% no mês, após subir 1,79% em fevereiro. Responsável por 30% do IGP-DI, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-DI) acelerou a alta a 0,65% em março, contra 0,35% na leitura anterior.


Cinco das oito classes de despesas que compõem o IPC-DI mostraram acréscimo em suas taxas de variação. O destaque foi o grupo Transportes, que subiu 1,22%, depois de uma variação negativa de 0,01%. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI), por sua vez, subiu 0,31% no período, após avançar 0,09% em fevereiro.




Notícias relacionadas

Lubrizol integra divisões para criar a Lubrizol Life Science

A empresa reorganizou suas linhas de negócios – Personal, Home e Health Care – sob uma nova marca

+

Atividade econômica volta a subir em maio, aponta BC

Depois de quatro quedas consecutivas, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve alta de 0,54% na comparação mensal

+

Nivea tem ação focada no Nordeste

A campanha “Se colocando na sua pele” tem foco nas consumidoras da região e aborda a empatia

+

Colgate compra a marca francesa de skincare Filorga

A companhia anunciou a aquisição da unidade de cuidados com a pele dos Laboratoires Filorga Cosmétiques, por 1,5 bilhão de euros

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos