26-12-2018

Confiança do comércio atinge maior nível desde abril de 2013, diz FGV

A confiança do comércio cresceu em dezembro e atingiu o maior patamar em mais de cinco anos, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Confiança do Comércio (Icom) subiu 5,7 pontos neste mês, ao passar de 99,4 para 105,1 pontos, o maior valor desde abril de 2013 (105,6 pontos).


“A confiança do comércio encerra 2019 com alta expressiva no quarto trimestre. É a primeira vez desde março de 2014 que o índice ultrapassa os 100 pontos, limite que identifica a transição para níveis elevados de confiança”, destacou Rodolpho Tobler, Coordenador da Sondagem do Comércio da FGV IBRE.


O levantamento da FGV mostra que houve aumento da confiança em 11 dos 13 segmentos do comércio, com melhora tanto da percepção dos empresários com relação à situação atual quanto das expectativas em relação aos próximos meses. O Índice de Situação Atual subiu 4,1 pontos, para 97,4 pontos, na terceira alta seguida, registrando o maior valor desde abril de 2014 (99,8 pontos). O Índice de Expectativas também registrou o terceiro resultado positivo consecutivo, ao subir 7 pontos e atingir 112,5 pontos, o maior valor desde fevereiro de 2011 (115,9 pontos).




Notícias relacionadas

P&G, Henkel e outras empresas criam aliança contra resíduos plásticos

Um conjunto de empresas globais criou a organização Alliance to End Plastic Waste. O grupo assumiu o compromisso de investir US$ 1,5 bilhão nos próximos cinco anos para ajudar a acabar com o lixo plástico nos oceanos

+

Indústria registra alta de 2,1% no faturamento em novembro, diz CNI

A reação acontece depois de dois meses de retração. Os índices diretamente associados à produção, como faturamento, horas trabalhadas e número de empregados, tiveram alta em relação a outubro

+

Coty Brasil tem novo diretor-executivo de RH

A companhia informa que Ricardo Gil Rios terá entre seus principais desafios o de consolidar a cultura organizacional da Coty

+

Wella Professionals lança espelho inteligente

O espelho, que usa realidade aumentada e inteligência artificial, tem entre seus principais recursos uma tecnologia de reconhecimento facial para testar looks diferentes

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos