Tricologia

Envelhecimento do cabelo

Maro/Abril 2011

Valcinir Bedin

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Valcinir Bedin

Esse anexo da epiderme, sem uma funo fisiolgica vital aparente (a no ser pelos orificiais, que tm a funo de proteo), tem importncia muito grande na vida da maioria das pessoas, seja social ou emocionalmente. Os cabelos e os outros pelos do corpo humano so um dos maiores stios de mitoses no nosso organismo. Acredita-se que ocorra diviso celular nesses locais durante at 12 horas aps a morte!

de se esperar que, com o passar do tempo, mesmo com o envelhecimento saudvel e natural do indivduo, esse processo de diviso celular sofra alguma alterao, notadamente na velocidade da atividade metablica regional. Associado a isso, existem os fatores externos que influenciam o estado fisiolgico dos cabelos. Ao observar o que ocorre nos fios de cabelo, pode-se notar que, com o passar do tempo, eles ficam mais opacos, frgeis, quebradios e com menor penteabilidade.

Para entender o que ocorre, temos de lembrar que o cabelo produzido pela invaginao da epiderme, que se projeta para dentro da derme, na qual est a parte mais importante do processo de fornecimento de nutrientes, a papila drmica, uma cavidade encravada dentro da matriz, que assegura a nutrio do cabelo. Na matriz est a zona de multiplicao e diferenciao dos queratincitos e comea o processo de queratinizao, que originar a haste do cabelo. Um fio de cabelo tem um ciclo de nascimento, crescimento, repouso e queda. Esse processo se repete 20 vezes durante a vida de um indivduo.

Com o envelhecimento, alm dos estados patolgicos, diferentes fatores podem alterar o ciclo capilar. Com o avano da idade, a atividade da papila diminui e os cabelos crescem menos. A velocidade de crescimento dos cabelos diminui e os fios que caem no so mais substitudos to rapidamente, como na juventude.

A rigidificao das fibras de colgeno que esto ao redor da raiz dos cabelos parece ser um fator essencial na gnese das alopecias. As fibras so estruturas flexveis originalmente, mas podem ficar rgidas com a oxidao ou situaes de estresse do colgeno. Esse fato leva ao aparecimento de um fio miniaturizado, mais fino e quase sem cor, que substitudo por outro do mesmo tipo, at que o ciclo cesse, levando alopecia.

Outra mostra clnica do envelhecimento a cancie ou o embranquecimento dos fios. A teoria mais aceita de que ocorra a apoptose dos melancitos, clulas produtoras de melanina, pigmento que d a cor aos fios.

Como retardar esses eventos? Ser que conseguimos revert-los? Dentre os elementos necessrios para que se tenha algum efeito positivo, vamos encontrar as vitaminas, especialmente as do complexo B, os aminocidos, preferencialmente a cistena e a cistina, e os elementos qumicos minerais, como o ferro, o zinco, o cobre e o silcio. O silcio age na estrutura da derme, por meio das ligaes com os glicosaminoglicanos e poliuronidicas, determinando sua formao estrutural. Esse oligoelemento ainda desempenha um papel importante na neutralizao de radicais livres, prevenindo as reaes de glicao e atuando como mimetizador das aes de fatores de crescimento celular. Outra ao do silcio orgnico a de reter a gua na derme, que est ligada ao cido hialurnico e s proteoglicanas.

Alguns estudos tm demonstrado que a ausncia do silcio no corpo humano acelera o envelhecimento e que sua reposio pode ter efeitos visveis na pele e no cabelo.

Recente trabalho desenvolvido na Fundao Pele Saudvel, usando um tipo de silcio orgnico extrado de algas marinhas, revelou que a ingesto diria de 300 mg desse princpio ativo, via oral, duplicou a velocidade de crescimento dos fios (em mdia um fio cresce de 1 a 1,2 cm por ms) e aumentou em at 30% o peso dos fios, quando estes foram comparados mesma quantidade de fios (de mesmo comprimento que aqueles), retirados antes do incio do tratamento.

Podemos concluir que uma dieta equilibrada, rica em minerais e vitaminas do complexo B, pode retardar o envelhecimento dos cabelos, e que a adio do silcio orgnico pode ser um diferencial muito importante para se obter esse objetivo.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos