Mercado

Mercado de luxo: um ponto fora da curva

Julho/Agosto 2021

Carlos Alberto Pacheco

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Carlos Alberto Pacheco

Apesar da catastrfica situao econmica em que a pandemia mergulhou todas as economias do planeta, h ainda uma ilha quase inabalada que sinaliza como um farol de oportunidades e porto seguro para quem atua nesse mercado: o mercado de luxo. O mercado de luxo abrange desde o segmento gastronmico (vinho, caf, chocolate, azeite e outros) at o txtil e seus utenslios (vestimenta, bolsas, joias, sapatos e outros), lgico, passando tambm pelo segmento cosmtico. Esse, por sua vez, vai muito alm do setor de perfumes, abrangendo tambm o que podemos chamar de procedimentos estticos associados a viagens e spas.

O conceito de luxo sempre existiu, seno como atividade econmica - como se percebe no movimento organizado e profissional europeu a partir de 1987 -, pelo menos como status nas sociedades classistas que acompanham a humanidade desde seu incio. Em apoio ao dito anterior, podemos mencionar o uso exclusivo de ouro, prata e joias por reis, sacerdotes e abastados homens de negcios, alijando o resto da populao desses privilgios materiais - e, quando muito, restrito a alguns adereos pessoais adquiridos a muito custo e sacrifcio. Na era contempornea, decidiu-se migrar o luxo das sombras do artesanato para o mercado profissional e global, porm mantendo ainda uma das bases de sustentao desse mercado: a exclusividade. Um exemplo disso a criao das marcas Louis Vuitton no estilo dos ovos de Faberg.

Aqui fao uma ressalva: o mercado de luxo mais do que simplesmente uma grande marca invejada pelo consumidor, mas sim um estilo de vida que busca a experimentao de sensaes diferenciadas, superiores s obtidas no dia a dia e as mais exclusivas possveis. Outro ponto que nem sempre luxo sinnimo de superioridade de produto. Na China e na Amrica Asteca, o mercrio era utilizado como elemento de luxo pela realeza. Ele foi empregado na confeco de tmulos e em elixires para garantir a imortalidade da alma daqueles que eram considerados divindades. Pelo fato de que o mercrio tem a propriedade de refletir a imagem como um espelho lquido, era usado tambm em rituais de passagem para outros mundos. Os participantes mergulhavam as mos em piscinas cheias de mercrio enquanto entravam em transe pelo uso de substncias psicotrpicas. Hoje sabemos dos efeitos nocivos do uso do mercrio no corpo humano e no meio ambiente. No entanto, esse exemplo serve para mostrar que o extico nem sempre saudvel, salutar ou mesmo superior. Mesmo atualmente, em um mundo engatinhando em suas vises ambientalmente sustentveis e ecologicamente responsveis, esse tipo de situao tende a ser rara, porm no podemos nos esquecer dos problemas que os casacos de pele de animais causaram no final do sculo XX.

De qualquer maneira, de uma coisa no podemos escapar: o mercado de luxo passa pelo consumo de produtos e servios, quando no pelos dois em sinergia, e, diga-se de passagem, com preos altos. A atividade do luxo na Frana representa a quarta principal fora do resultado do PIB. Confesso que fiquei
impressionado com esse dado, mas vale lembrar que, culturalmente, a Frana j milita nesse conceito h muito tempo, desde a poca dos monarcas absolutistas, principalmente no seu expoente mximo, Lus XIV. Pases como a prpria Frana, a Itlia, a Inglaterra e a Alemanha so cones do luxo tradicional
e produtores das principais marcas de luxo de renome global.

Eu fico at sem jeito de falar em um assunto como esse em um pas com nvel de desemprego na ordem de 14,8 milhes de pessoas no 1 trimestre de 2021. 14,7 milhes de famlias no mesmo perodo esto recebendo o Bolsa Famlia (note: famlias, no pessoas, o que representa um nmero muito maior de pessoas afetadas) e com um PIB nos 12 meses anteriores a maro de 2021 recuando em 3,8%. No entanto, a realidade que, apesar da crise, a concentrao de renda nos 1% mais ricos do pas, Amrica Latina e mundo vem aumentando e deve continuar crescendo, pois a crise no afeta igualmente a todos - atinge menos os de maior poder aquisitivo, justamente o pblico-alvo do mercado de luxo.

A velha mxima das aulas de marketing continua valendo: toda crise anda associada a uma ou mais oportunidades. Cabe a cada um se preparar para descobri-las e aproveit-las, pois enquanto h quem chore, h quem venda lenos, e, neste caso, lenos de seda.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Parabns Pacheco pelo artigo!

por CARLOS MESQUITA AGUIAR 18/08/2021 - 23:55

Gostei muito!

por Paula Fernanda adoglio 16/08/2021 - 17:39

Excelente matria

por Richard Nemer 16/08/2021 - 14:51

Excelente Matria

por Antonio Rocha Leo Junior 16/08/2021 - 15:17

Novos Produtos