Temas Dermatolgicos

Cosmiatria e produtos para a pele

Maro/Abril 2021

Denise Steiner

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Denise Steiner

A rea de cosmiatria nos ltimos anos tem avanado a passos largos, aliando tecnologia e pesquisa para melhores resultados finais.

Em relao ao uso de produtos tpicos, principalmente para o envelhecimento, surgem ativos novos todos os dias que precisam ser vistos de maneira crtica e objetiva.

O cido retinoico, j consagrado, tem embasamento cientfi co suficiente para ser reconhecido como opo teraputica para o tratamento do fotoenvelhecimento. Entre suas funes, est a regulao da formao da camada crnea, a melhora da proliferao dos queratincitos e a promoo da angiognese e neocolagnese, que revertem positivamente sinais do fotoenvelhecimento. A fronteira do conhecimento est no desafi o de utiliz-lo sem que provoque irritao em posologias e que tenham resultados.

A tretinona micronizada com liberao controlada provoca menos irritao, sendo uma boa opo por conta da necessidade de uma aplicao que no cause inflamao.

O cido retinoico utilizado em tratamentos de acne e fotoenvelhecimento e pode ser usado durante os meses ensolarados, pois no causa fotossensibilidade.

Trabalhos mais recentes apontam que a ao do cido retinoico irritativa devido modulao na camada crnea e angiognese. Porm, os vasos neoformados so competentes, levando melhor nutrio pele como um todo.

Em relao aos antioxidantes de uso tpico, houve muito avano nos ltimos tempos. O maior conhecimento do processo de oxidao com a formao de cadeias superxidas que desencadeiam uma cascata inflamatria, com aumento de citoquinas e fatores tumorais, leva ao desgaste e ao envelhecimento da ctis de uma maneira geral. Vrias estruturas so atingidas, como: vasos, clulas, fibras e tambm o DNA, que mais tarde se transforma tambm em tumores malignos.

A vitamina C, com seu efeito antioxidante, uma das representantes principais no arsenal de substncias utilizadas para este fim.

Recentemente, foi comprovado que a pele fotoenvelhecida apresenta uma infl amao crnica subclnica que representa um fator acelerador no envelhecimento. Neste processo infl amatrio, esto ativados vrios mediadores que funcionam como estmulos provocativos e agressores.

A idenobenona, o cido lipoico e o ch-verde, entre outros, so alguns dos ativos que despontam como potenciais agentes antienvelhecimento.

Essas substncias, em especial o ch-verde, vm sendo testadas como antitumorais e fazem parte de ensaios clnicos na quimiopreveno da melanona.

H inmeros trabalhos que tentam padronizar as doses dirias e a utilizao para o uso dos antioxidantes no tratamento do envelhecimento cutneo.

Os peptdeos tambm despontam como opo interessante no tratamento da pele fotodanifi cada. Eles so molculas grandes de aminocidos e podem ter funes diversas como: sinalizadores, carregadores e neuromoduladores.

Estas molculas, pela facilidade de penetrao, podem sinalizar e transportar substncias para planos mais profundos da pele. Atravs de ao em neuro-hormnios, os peptdeos tambm podem modificar processos exacerbados da pele.

Hoje a fronteira reside em combinarmos de maneira correta os cremes para preservar o dano oxidativo gerado principalmente pela ao da radiao ultravioleta.

Na rea de preenchimentos, desde o tempo do colgeno, muita coisa evoluiu, e temos mais recursos para o tratamento de rugas e sulcos.




Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos