Mercado

Sopa de letrinhas que afetam as nossas vidas

Novembro/Dezembro 2020

Carlos Alberto Pacheco

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Carlos Alberto Pacheco

Com a mnima chance de errar, voc j ouviu falar de todas estas siglas, mas saber de fato o que elas significam outra coisa...

Para comear, temos que entender o que essa tal infl ao. S a meno da palavra j causa calafrios em alguns brasileiros que, da dcada de 80 at metade da de 90, j tinham capacidade de perceber a dor e o desespero dos pais ao tentar garantir o sustento familiar ms a ms - certamente era um Brasil bem diferente do atual. Como defi nio, do ponto de vista de quem consome, pode-se dizer que a infl ao a alta generalizada dos preos dos produtos e servios de maneira contnua e persistente. Por outro lado, do ponto de vista do investidor, o conceito o alargamento do prazo de pagamento (do vista para o a prazo), da injeo de moeda circulante na economia, que por consequncia direta desvaloriza a nossa moeda frente a outras economias, que no precisam injetar moedas ou pelo menos o fazem em uma quantidade menor.

A evidncia do efeito da primeira defi nio pode ser notada quando, no primeiro dia do ms anterior, compra-se um frasco de desodorante a R$ 10,00 e um ms aps, para comprar o mesmo desodorante, voc precisa pagar R$ 11,00. Nesse caso, diz-se que houve uma infl ao de 10% para esse item no espao de trinta dias. Uma evidncia para o segundo efeito se d quando precisamos desembolsar mais reais para a compra da mesma quantidade de uma moeda estrangeira (por exemplo, no primeiro dia do ms anterior precisvamos de R$ 10,00 para termos US$ 2.00 e trinta dias depois, para termos os mesmos US$ 2.00, precisvamos de R$ 11,00. Nesse caso, diz-se que houve uma desvalorizao do real frente ao dlar de 10%).

Atualmente a inflao est sob controle, mas, se fssemos fazer o mesmo exemplo acima citado do desodorante no ms de maro de 1990, o impacto seria muito maior: o preo do desodorante teria passado de R$ 10,00 para R$ 18,24, ou seja, 82,39% em um nico ms. Agora transporte isso para uma compra mensal domstica, transporte pblico, vesturio, combustvel etc. Os salrios eram corrigidos periodicamente, porm muitas categorias no tinham o seu poder de compra reposto altura das perdas causadas pela infl ao. Caso voc tenha menos de trinta anos, com certeza ter difi culdade de entender, uma vez que a partir de maro de 1994, Fernando Henrique Cardoso, o ento Ministro da Economia do governo de Itamar Franco, colocou em marcha o Plano Real, transformando a moeda no atual Real, desindexando a economia e domando assim a inflao.

Apesar disto, no se engane: a inflao sempre deve ser vigiada e, como um vrus de um resfriado comum que todos carregamos durante toda a vida, o importante evitar que o evolua para uma gripe debilitante ou at mesmo mortal. Atualmente, poucos pases encontram-se em risco de hiperinflao ou de inflao descontrolada, sendo presente em geral em regies onde h desestruturao da ordem civil como, por exemplo, em guerras ou insurreies.

Existem quatro tipos diferentes de inflao: de demanda, quando a procura por bens e servios superior quantidade ofertada, o que faz com que, quando a economia est aquecida, tenhamos uma baixa infl ao positiva; de custo (oferta), quando h um aumento dos custos de produo ou servio (quando h aumentos de salrios, onerao da folha de pagamento, matria-prima, combustvel, impostos etc., inevitvel haver um contnuo aumento da inflao); inercial, que no tem a ver com oferta ou demanda, mas sim com uma perspectiva futura negativa, tendo em vista problemas histricos, indefi nies eleitorais que geram desconfi ana quanto estabilidade econmica, causando uma espiral infl acionria que no se justifi ca materialmente, apenas na insegurana do investidor; estrutural, semelhante inflao de custos - nesse caso, a infl ao resultado da ineficincia da infraestrutura produtiva de uma economia, resultando em uma rigidez da oferta de bens e servios dessa estrutura econmica.

Para medir o fenmeno, h a necessidade da criao de um ndice que possa mensurar ao longo do tempo a variao dos preos de produtos e servios, sejam eles para maior ou menor. Aqui entram os ndices criados pelo governo e pelas instituies privadas, uma verdadeira sopa de letrinhas. O IPCA (ndice Nacional de Preo ao Consumidor Amplo) e o INPC (ndice Nacional de Preos ao Consumidor) so os dois ndices ofi ciais gerados pelo governo atravs do IBGE. O IGPM (ndice Geral de Preo do Mercado) elaborado por uma instituio privada, a FGV (Fundao Getlio Vargas), e o IPC-FIPE (ndice de Preo ao Consumidor) elaborado pela FIPE (Fundao Instituto de Pesquisas Econmicas da Universidade da USP).

Apesar das diferenas desses ndices, importante ter em conta que a inflao pode at ser considerada por alguns como um fenmeno democrtico, uma vez que atinge todas as pessoas. Porm, com certeza o impacto no to democrtico, visto que bem diferente entre as diferentes classes sociais, sendo um dos fatores que contribui para o aumento da desigualdade social.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos