Gesto em P&D

Conflitos do P&D

Julho/Agosto 2019

Wallace Magalhães

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Wallace Magalhães

J vai longe o tempo em que o pessoal de P&D devia saber s preparar formulaes, que seu habitat natural era a bancada do laboratrio e suas ferramentas eram os ingredientes e as formulaes que conhecia. Mais que nunca, o P&D hoje uma atividade mltipla e de vrios e novos desafios. Dentre eles, est a identificao e a soluo de conflitos. Todas as mudanas que aconteceram recentemente, as que esto acontecendo agora e as que ainda vo acontecer exigem e vo continuar exigindo que o especialista de P&D, como qualquer outro profissional, saiba compreender e se adaptar a novas realidades. Encontrar conflitos pela frente uma certeza. Parece que a evoluo das normas, da tecnologia e dos mercados est forando a empresa a funcionar com mais interao. Neste ambiente de proximidade, com interfaces cada vez mais numerosas e profundas -
inclusive envolvendo pessoal de reas diferentes - o surgimento de conflitos um fato natural e esperado. O conflito um estado gerado por divergncia de ideias, percepo, compreenso, interesses ou objetivos. No de se estranhar, porque um fato comum da convivncia humana, dizem os estudiosos do assunto. E, atualmente, os conflitos esto parecendo mesmo inevitveis. Est acontecendo muita coisa ao mesmo tempo. A sada identificar e resolver os conflitos que surgirem. Isto vale para empresas de todos os portes, porque todas esto no mesmo barco chamado mercado.

E quais seriam os conflitos do P&D? Um dos mais impactantes o conflito de mentalidade. Muitas fbricas de cosmticos no Brasil nasceram de uma mentalidade comercial, e isto pode ser um problema na medida em que o reconhecimento da base tecnolgica e da regulao sanitria especfica, que caracterizam e regem a atividade, fica em segundo plano em relao aos objetivos puramente comerciais. E no uma questo filosfica. A ideia de que o cosmtico existe s para gerar faturamento para a empresa no est em sintonia com a expectativa atual dos consumidores. Para que os cosmticos possam cumprir a sua finalidade mais elementar, que promover sade e bem-estar, ser necessrio respeitar sua base tecnolgica. Por outro lado, as questes regulatrias devem ser bem conduzidas para evitar que conflitos se alastrem. Na interface regulatria, as dificuldades, os entraves e at uma aparente falta de bom senso em algumas exigncias da legislao ou de seus agentes devem ser tratados com sobriedade e profissionalismo. O desmerecimento de sua relevncia e at o alardeamento das difi culdades geradas - que muitas vezes partem das reas tcnicas - s fazem estimular na empresa a lgica do desrespeito a estas obrigaes, o que pode trazer a reboque o enfraquecimento da importncia de sua base tecnolgica, o que muito ruim.

Outro conflito importante resulta do descuido com a noo da atualidade, que, por definio, a essncia do P&D. Se no for atual, no P&D. Processos e protocolos no podem estar em discordncia com as obrigaes regulatrias vigentes nem com o patamar tecnolgico atual - e muito menos com as expectativas do consumidor, porque configura um conflito de competncia entre a empresa e seu prprio mercado. Ser necessrio automatizar processos para ter tempo para realizar estudos mais profundos e manter conhecimento, metodologias e recursos devidamente atualizados. Isto deve estar inclusive nas previses oramentrias. Caso contrrio, certamente haver perda de competitividade. Consumidores insatisfeitos podem ser at mais rigorosos que os rgos reguladores.

Ainda existem os pequenos conflitos do dia a dia. Os manuais que tratam do assunto sugerem usar empatia e dilogo, ouvir todos os lados e ter postura racional, no se esquecendo de que a coisa mais importante reconhecer um conflito e estar preparado para resolv-lo. Especificamente para o P&D, o conhecimento tcnico o recurso mais importante para solucionar a maioria dos conflitos, principalmente quando envolve outras reas. Conhecimento de causa e clareza na exposio de argumentos so decisivos.

Especialistas defendem que confl itos podem ser saudveis e at necessrios porque eles podem impulsionar mudanas positivas, o que at razovel. No entanto, existem muitos conflitos que so altamente danosos. Eles podem destruir valores e eliminar possibilidades, gerando insatisfao, frustrao e prejuzos. E parece certo imaginar que a maioria seja ruim, mas pior mesmo ignor-los ou no estar disposto a resolv-los.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos