Tricologia

Mitos e verdades sobre gestação e tratamentos químicos para cabelos

Julho/Agosto 2014

Valcinir Bedin

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Valcinir Bedin

A influncia de produtos qumicos no corpo humano muito conhecida pelos estudiosos, e a sua importncia em certas fases da vida tem um papel ainda maior.

Da fecundao at o final da gestao, a mulher passa por alteraes altamente dependentes dos elementos qumicos.

J foram descritos inmeros distrbios reprodutivos associados a solventes, como etanol e diclorometano, encontrados principalmente em sprays de para cabelos.

Vrias formulaes de corantes, os teres de glicol de etileno, as nitrosaminas, o formaldedo, o hexaclorofeno e os steres de ftalato tambm no podem ser excludos desta lista, mas poucos dados referentes ao dessas substncias em humanos esto disponveis.

Distrbios menstruais podem ser causados por agentes qumicos tais como solventes orgnicos.

As cabeleireiras esto expostas a uma variedade de agentes qumicos que podem influenciar o eixo hipotlamo-pituitrio-ovariano. Um estudo foi conduzido no sentido de investigar o risco de distrbios menstruais em cabeleireiras. Um grupo de profissionais foi comparado a um grupo de referncia, composto por vendedoras de roupas. Aps a excluso de quem usava contraceptivos orais, restaram 194 mulheres para a anlise de dados. Foram detectadas associaes significativas para ciclos irregulares, oligomenorreia, perda de sangue por muito tempo e dores.

Nenhuma relao estatisticamente significativa foi encontrada para a sndrome pr-menstrual. Concluiu-se que cabeleireiras podem ter um risco aumentado para distrbios menstruais, mas so necessrios estudos adicionais.

Associaes com distrbios menstruais e abortos espontneos surgiram em estudos epidemiolgicos voltados para cabeleireiras. Outras pesquisas mostraram resultados inconsistentes, provavelmente devido a falhas metodolgicas (erros de classificao da exposio, amostras de pequenas dimenses etc.). Concluiu-se que h pouca evidncia de distrbios reprodutivos entre cabeleireiras at o presente momento.

O primeiro trimestre da gestao, um perodo de intenso desenvolvimento dos sistemas fisiolgicos, representa a fase de crescimento mais rpida da vida humana.

Qualquer interferncia na formao dos rgos pode resultar em um desenvolvimento anormal, que se manifesta de imediato ou posteriormente.

A exposio a substncias qumicas ambientais pode afetar o desenvolvimento nesses estgios iniciais, e ainda no h uma massa crtica de conhecimento suficiente a respeito das quantidades e identidades dos produtos qumicos a que o feto exposto durante o incio da gravidez. O problema que, os estudos para avaliar a exposio a substncias qumicas no feto so extremamente limitados. Assim, existem meios indiretos para realizar essas avaliaes.

Isso pode ser feito por meio da anlise de matrizes maternas, como cabelo, unhas, urina, saliva, suor, leite, lquido amnitico e sangue, e matrizes fetais, como sangue e tecido do cordo umbilical, mecnio, placenta e fgado. J foram publicados mais de 150 artigos com a anlise qumica de tecidos humanos maternos e fluidos fetais. A determinao da exposio a substncias qumicas fetais, no momento do crescimento humano, vai ajudar muito as agncias reguladoras nas avaliaes de risco e no estabelecimento de normas para a gesto de riscos sobre os produtos qumicos ambientais. Mas a pergunta que mais se ouve das grvidas : posso fazer qumica nos cabelos durante a gestao?.

Vrias das minhas pacientes grvidas, que so cabeleireiras, tm me perguntado se a exposio a produtos que elas usam pode ser prejudicial para os seus bebs. Elas tambm querem saber se o uso de produtos para cabelos em suas clientes grvidas deve ser motivo de preocupao.

A resposta que no h evidncia de efeitos teratognicos para mulheres grvidas expostas a esses produtos de uso profissional; no entanto, recomenda-se que cabeleireiras grvidas usem luvas para minimizar a exposio, no trabalhem mais que 35 horas por semana, evitem ficar em p por longos perodos e certifiquem-se de que os sales onde trabalham tenham ventilao adequada. As pesquisas sugerem que h absoro sistmica mnima de produtos para o cabelo. Por isso, o uso pessoal por mulheres grvidas de trs a quatro vezes durante a gravidez no considerado preocupante.

Onde estamos hoje em dia?

Vrios estudos sugerem que substncias qumicas txicas usadas na fabricao de produtos para cabelos podem ser absorvidas atravs do couro cabeludo em quantidades suficientes para aumentar os riscos de efeitos adversos na sade de mulheres e seus bebs. Num estudo com 525 mulheres negras de trs condados da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, pesquisadores verificaram se a exposio a produtos qumicos para alisamento e curling aumentariam as chances de que o beb fosse prematuro ou de baixo peso ao nascer. Como resultado, tivemos a feliz constatao de que no h associao direta entre esses eventos.

Outro estudo, realizado no Brasil, investigou a associao entre a exposio materna a tinturas para cabelos e alisamentos cosmticos durante a gravidez e leucemia em idade precoce (at os 2 anos).

Um estudo tipo caso-controle de base hospitalar multicntrico foi realizado em 13 estados do Brasil, entre 1999 e 2007. Mes de 176 casos de ALL (leucemia linfoctica aguda) e de 55 casos de LMA (leucemia mieloide aguda) e 419 controles foram inscritas e entrevistadas. Foram obtidos dados sobre a exposio materna ao alisante at trs meses antes da gravidez, ao longo da gestao e durante a amamentao.

No ficou comprovada a relao entre a exposio materna s tinturas e as doenas, mas novos estudos so necessrios para se afastar todas as possibilidades. Portanto, a recomendao que se evite este tipo de procedimento enquanto se espera o beb.

De um modo geral, costuma-se afirmar que a gestao no uma doena e sim um processo fisiolgico normal da vida das mulheres e que deve assim ser encarada. Mas a parcimnia deve ser a companheira do profissional que trabalha com esta fase da vida, lembrando que muitas vezes menos mais. Na dvida, devemos pedir que a grvida espere at o parto para se submeter a tratamentos qumicos mais agressivos.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Ol, eu sou Marcelo Paes Costa Junior, e eu sou do Rio, no Brasil. Deixe-me dar este testemunho ao pblico sobre um grande mdico herbrio que me ajudou com minha prpria doena. Eu tinha HIV / AIDS h mais de 5 anos e eu estava quase no fim da minha vida devido maneira como minha pele parecia. Tudo o que tenho em mente desistir, porque a vida no mais interessante para mim. Uma noite, minha irm me disse que encontrou um mdico na internet que pode curar o HIV / AIDS, e nem me interessava porque nunca acreditei. Ela me ajuda em tudo o que o mdico pediu, preencheu o formulrio de tratamento para mim e at usou seu prprio dinheiro para obter o remdio para mim. Durante uma semana de uso do medicamento, comecei a ficar mais forte, meu sangue comeou a fluir normalmente 4 a 5 dias depois, comecei a ganhar peso, antes da 3 semana, meu corpo comeou a se desenvolver, minha pele comeou a subir. Depois de um ms, fiz o teste de HIV e fui testado como negativo. Estou to feliz que posso dizer que no sou um paciente HIV / AID novamente. Se voc tem HIV / Aids ou Hepatite, ou Herpes ou HPV ou doena arterial coronariana ou qualquer doena por favor entre em contato com Dr.O.Water. Seu e-mail : DRWATERHIVCURECENTRE@GMAIL.COM e seu nmero de whatsapp : +2349050205019. Desejo-lhe boa sorte, Deus abenoe a todos. Eu tenho um grupo de sade no twitter, por favor, siga-me @ Marcelocostapa2 e junte-se ao meu grupo de sade para que possamos compartilhar informaes, criar conscientizao e ajudar os outros. Voc tambm pode me enviar um email em marcelocostajunior1967@gmail.com

por Marcelo Costa 25/03/2019 - 08:10

Novos Produtos