Toxicologia

Assuntos cosméticos e ciências toxicológicas

Maro/Abril 2009

Dermeval de Carvalho

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Dermeval de Carvalho

Algumas pessoas, em determinados momentos da vida, podem se sentir desconfortveis e/ou acuadas em seu prprio ambiente; consequentemente, podem ser levadas a pensar em novos caminhos e procedimentos, especialmente aqueles regidos pelo tempo ou modismos sazonais.

Lembrando velho e respeitado conceito sade o completo bem-estar fsico, social e mental pode-se assegurar que aparncia pessoal traz sentimentos de bem-estar pessoal e facilita um bom e duradouro dia de trabalho. Os cosmticos seguramente so coadjuvantes destes processos, tanto para os jovens que no querem ser velhos quanto para os velhos que querem ser mais jovens.

A segurana de um produto cosmtico depende do ingrediente, do produto acabado e, notadamente, da via de exposio, representada pelo complexo sistema anatmico - a pele - que preconiza e exige slidos fundamentos e conhecimentos de dermatotoxicologia, possveis interaes com os sistemas nervoso central, autnomo e endocrinolgico (Experimental Dermatology 15:692-704,2006; Nursing Philosophy 6:131-143,2005; Int J Cosm Sc 27,343-349, 2005).

O crescente aumento do uso de cosmticos tem exigido a participao de uma verdadeira equipe de trabalho, de carter multiprofissional e disciplinar, colocando em campo farmacuticos, mdicos, biologistas, qumicos e outras importantes reas onde o centro de interesse deve estar focado na segurana da formulao que ser posta no mercado.

Quanto se fala na segurana de ingredientes e produtos cosmticos - a Toxicologia - expandida como Cincias Toxicolgicas, esta rea passa por incrveis alcances cientficos que procuram objetivos e fins pertinentes avaliao do risco e, desta forma, minimizar os presumveis efeitos adversos ocasionados por eles.

Conhecimentos de toxicologia e gentica tm facilitado a avaliao da toxicidade na descoberta de novas entidades moleculares para uso cosmtico - divulgadas diariamente - exigindo apreciveis recursos financeiros para a realizao destes ensaios. Os Estados Unidos implantaram em 2002 o National Center for Toxicogenomics que vem prestando excelentes servios imprescindveis segurana de substncias qumicas, incluindo-se os ingredientes cosmticos. Nesta linha de pensamento tambm tm sido publicados estudos conhecidos como metabolomics and metabonomic, cuja finalidade est voltada para a avaliao de respostas metablicas ao estmulo patofisiolgico ou modificaes genticas (Rev Toxicol 22:153-161, 2005, Toxicology 157-246, 2007).

O desenvolvimento da bioinformtica e os modelos computacionais esto impulsionando e alimentando esperanas para o desenvolvimento da toxicologia preditiva, especialmente os assuntos relacionados estrutura-atividade.

O intercmbio cientfico deve ser utilizado como ferramenta de trabalho capaz de manter a plena comunicao entre a academia, os rgos regulatrios e o setor regulado e, para isso, nada melhor do que contar com bons bancos de dados, j presentes em pases desenvolvidos (Reg Toxicol and Pharmacol 49:208-216, 2007).

Alm disso, possveis diversas razes esto exigindo urgente processo de harmonizao: classificao de ingredientes e produtos cosmticos, restries de uso, dizeres de rotulagem etc., e, porque no dizer, desprendimento de vaidades nacionalistas que podem alimentar pressuposta verdades, por vezes capazes de dificultar a harmonizao regulatria (Toxicology 160:237-241, 2001).

A comunidade cientfica tem avaliado, com sucesso, novos corolrios, resultando conquistas notveis segurana de ingredientes e produtos cosmticos. O assunto em pauta ainda poderia ser acrescentado de outros importantes valores, intimamente relacionadas segurana dos cosmticos, acerto que pode ser facilmente avaliado atravs de milhares de publicaes, presentes em peridicos de alto impacto. Estas publicaes continuaro a desafiar o conhecimento.

Philip Hanawalt, descobridor do mecanismo de reparo do DNA, professor de Stanford University, que defende a criatividade na pesquisa, de forma brilhante escreveu o que no se sabe o mais importante na Cincia (Pesquisa Fapesp 157:8-13, 2009).

Dermeval de Carvalho

Prof. Titular de Toxicologia pela USP, Membro das Cmaras Tcnicas de Cosmticos da SVS e ANVISA de 1995 a 2007 e Diretor Cientfico da Biotox



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos