Temas Dermatolgicos

Hiperidrose

Setembro/Outubro 2013

Denise Steiner

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Denise Steiner

O suor um lquido produzido pelas glndulas sudorparas da pele para manter a temperatura do corpo. Como somos animais de sangue quente, nossa temperatura deve ficar entre 36oC e 42oC. A transpirao regula essa manuteno.

A quantidade de suor produzida por uma pessoa varia segundo a idade, o sexo, a raa e o local de moradia. Os estmulos que influenciam as glndulas sudorparas so: calor externo, exerccio fsico, vrios tipos de doena e alteraes emocionais. Podemos afirmar tambm que no existe relao direta entre o aumento da transpirao e a ingesto de certos tipos de alimento. Contudo, em alguns casos, o odor de uma pessoa pode ser modificado e ela pode ficar com o cheiro da substncia ingerida que, depois, passar a ser eliminado pelo suor. Isso pode ocorrer tambm quando uma pessoa est tomando algum medicamento que pode facilitar o excesso de transpirao.

Um aspecto interessante, e que deve ser lembrado, que o suor propriamente dito, assim que eliminado da glndula sudorpara, no apresenta nenhum odor. Mas, medida que o suor permanece na pele, a quantidade de bactrias cresce, provocando um cheiro desagradvel. Na verdade, quanto maior for a quantidade de suor, mais intenso ser o odor, porque as bactrias crescero com mais facilidade e intensidade.

Eventualmente, h uma disfuno desses mecanismos e ocorre a hiperidrose. Esta acomete cerca de 1% da populao, trazendo importante desconforto a essas pessoas, do ponto de vista social. O indivduo tende a se retrair, pois fica constrangido durante o contato fsico com outras pessoas, e um simples aperto de mo torna-se um problema. O aumento excessivo do suor (hiperidrose) pode atrapalhar a autoestima e at diminuir a vida social de uma pessoa. A sudorese excessiva pode ocorrer nas axilas, deixando a roupa manchada, com cheiro mais forte, ou pode acontecer nos ps ou nas mos. Nesse ltimo caso, as mos ficam constantemente molhadas, dificultando a realizao de determinados tipos de trabalho, como escrever e digitar.

A hiperidrose pode ocorrer como consequncia do hipertireoidismo, de distrbios psiquitricos, de menopausa ou da obesidade. O incio dos sintomas pode ocorrer na infncia, na adolescncia ou somente na idade adulta, por razes desconhecidas.

Eventualmente, pode estar relacionada ao histrico familiar da pessoa. Mas, em geral, no h doenas associadas hiperidrose, e ela est ligada a uma tendncia pessoal ou a uma situao de estresse associada a uma grande ansiedade.

Contudo, os casos de hiperidrose nas axilas, por exemplo, podem ser revertidos por meio de uma cirurgia especfica, que consiste em um corte na pele e na retirada de uma determinada quantidade de glndulas. Trata-se de uma cirurgia relativamente simples, realizada por dermatologistas. O resultado bastante satisfatrio, com significativa diminuio da sudorese.

Tambm existe o recurso da iontoforese, realizada por meio de um aparelho que transmite uma corrente eltrica capaz de modificar o funcionamento da glndula sudorpara. Outra opo de tratamento da hiperidrose o uso da toxina botulnica, substncia derivada de uma bactria, que utilizada como medicao em vrios tipos de doena e at para fins estticos. Essa toxina bloqueia a ao da acetilcolina, que necessria para que ocorra a sudorese. Ela aplicada com uma agulha, ponto a ponto, em toda a regio das mos e dos ps, e, se for o caso, nas axilas. Com o bloqueio da ao da acetilcolina, h a suspenso de cerca de 80% da sudorese nos locais onde a toxina aplicada, sem causar nenhum efeito colateral, uma vez que a pessoa continua suando no restante do corpo. Na realidade, o tratamento inibe o excesso de suor que prejudica a pessoa e dura, em mdia, 8 meses.

O mais importante procurar um servio especializado, que possa diagnosticar cada caso e escolher o melhor tratamento.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos