Tricologia

Fragrâncias, corantes e espessantes em produtos capilares

Julho/Agosto 2013

Valcinir Bedin

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Valcinir Bedin

Produtos cosmticos precisam, necessariamente, ter uma aparncia agradvel ao consumidor. Isso faz parte de uma estratgia mercadolgica essencial para um bom desempenho na planilha de vendas.

E, quando falamos em aparncia de um cosmtico, temos de citar desde o formato do frasco (sobre os materiais utilizados) e a rotulagem (que for adequada ao uso eventual do produto sob a gua), at o odor, a consistncia e a cor do produto. A isso tudo damos o nome de percepo do consumidor.

Quando tratamos de produtos capilares, esses cuidados assumem papel fundamental no sucesso de um produto, a comear pela busca de princpios ativos, por exemplo. Nenhum formulador em s conscincia escolheria um extrato de laranja para um produto capilar, pois correria o risco de ver seu produto empacado nas prateleiras sob a pecha de deixar os cabelos um bagao. Da mesma forma, um extrato de batata no poderia aparecer no rtulo de um tnico capilar!

claro que as tendncias mudam e a moda, que dita regras, tem de adaptar-se aos tempos. Contudo, alguns itens so quase estticos no decorrer do tempo. Ns acompanhamos a polmica que se formou sobre o uso de sal nos shampoos. Sabemos que a sua utilizao nesse tipo de produto deve-se funo de espessamento que o sal proporciona e que essa uma qualidade sensorial muito importante.

Porm, a mdia, de certa forma, estimulou uma inverdade, disseminando a informao de que o sal presente nesses shampoos seria prejudicial de alguma forma para as hastes capilares, pois causaria maior desidratao destas. Sabemos que isso no procede, mas difcil combater notcias cuja origem ningum conhece!

Alm da sensao de que um shampoo espesso e que faz muita espuma limpa mais, tem-se tambm a impresso de que certas cores limpam mais que outras. Shampoos ou loes com cores ctricas tm mais potncia limpante que os de cores claras ou leitosas, que, por sua vez, parecem ser mais hidratantes.

J um shampoo antirresduo, para muitos consumidores, deveria ser transparente e um produto do tipo leave in no deveria ser muito espesso ou amarelado. O formulador sabe que essas caractersticas no influenciam no resultado final do produto ao nvel de sua eficcia, mas, com certeza, influenciam o consumidor a compr-lo.

Outro fator importante em relao aos corantes a possvel ocorrncia de dermatite de contato, quando estes ficam anexados durante muito tempo ao couro cabeludo. Se aparecer vermelhido ou prurido, deve-se suspender imediatamente o uso do produto suspeito. Vale lembrar que processos alrgicos so individuais e temporais, isto , no porque uma pessoa teve uma alergia que outras tambm a tero, e essa pessoa pode tornar-se no alrgica a aquele produto.

Com relao ao odor, h ainda mais complicaes. A primeira dificuldade disfarar certos cheiros que so imprprios at para produtos de limpeza. Por exemplo, alguns princpios ativos desengordurantes ou derivados de enxofre tm odor natural de ovo podre. O risco que o formulador corre ao tentar minimizar esse problema que, s vezes, a somatria dos odores fica pior do que o cheiro inicial! Novamente, o odor de frutas ctricas pode ter impacto cerebral no sentido de parecer mais limpante, o odor de chocolate ou do leite, mais hidratante e o odor de medicamentos, mais teraputico.

Dentre todos os sentidos envolvidos, quando se fala de produtos capilares, o olfato , com certeza, o mais preocupante no imaginrio do consumidor, uma vez que este tem a impresso de que o odor vai ficar impregnado nos cabelos por um longo perodo, o que, na maioria das vezes, no ocorre. O cheiro que sentido no frasco no transferido para os fios, e estes no tm a capacidade de absorv-lo. Mas difcil para o pessoal do marketing explicar aos consumidores que isso vai acontecer, portanto mister mascarar o cheiro o mximo possvel, e, de preferncia, torn-lo o menos impactante possvel.

Cabe ao formulador ter bom senso e a percepo do que o mercado quer para fazer uma frmula na qual os ativos adicionais no atrapalhem, no final, a eficcia desejada.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos