Tricologia

Cabelo através da idade

Novembro/Dezembro 2009

Valcinir Bedin

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Valcinir Bedin

O cabelo do feto comea a formar-se por volta de nove semanas de gestao. A epiderme manda um sinal para a derme e esta comea a puxar as clulas para baixo, formando um boto (invaginao) sob o qual se encontra a papila drmica, por meio da qual o pelo vai ser nutrido. Na papila vamos encontrar tambm nervos e receptores de hormnios. A inclinao do folculo determina a forma que o fio ter no futuro. Os fios perpendiculares sero grossos e lisos; os inclinados, cacheados; e os paralelos epiderme, do tipo carapinha.

Ao nascer, a criana tem cabelos j formados e pelos espalhados pelo corpo, que so chamados de lanugo. Estes pelos no tm a parte mais interna, a medula, existente nos pelos do tipo velus. A densidade nessa fase de aproximadamente 600 fios por centmetro quadrado.

At a criana completar 10 anos, os cabelos ainda no esto sob influncia hormonal. Fios devem ter espessura condizente com a gentica (herana dos pais) e possuir colorao normalmente mais clara do que vo ter na idade adulta. No apresentam ainda toda a estrutura formada, portanto devem ser evitados, nessa fase da vida, tratamentos qumicos agressivos, como alisamentos e permanentes. Deve-se usar apenas tinturas superficiais e temporrias, como henna.

Na adolescncia, at os 20 anos, comeam a aparecer os hormnios (menarca, nas meninas, e adrenarca, nos meninos e nas meninas), que influenciaro muito a forma, a cor e o tipo de cabelo. A influncia hormonal se d por meio da papila drmica, que fica na base do fio. Cada fio recebe toda a influncia do que o corpo fabrica. Cuidados especiais so necessrios nesse perodo. No se deve, no comeo da puberdade, abusar dos tratamentos qumicos.

Aos 20 anos, os cabelos ainda esto ntegros. A destruio da queratina pelo Sol e pelos tratamentos qumicos ainda no total! A haste capilar est forte e a densidade est preservada.

Para manter os cabelos saudveis, deve-se lav-los em dias alternados, com a temperatura da gua de cerca de 20oC e com a gua caindo sobre os cabelos por um tempo mximo de trs minutos.

Pode-se usar secador e, eventualmente, chapinha, ambos com ons. E fazer hidratao, mas sem abusar dos tratamentos qumicos que mandaro a conta no futuro.

Usar produtos que contenham filtro solar (como shampoo ou condicionador do tipo sem enxgue). Utilizar condicionadores com queratina ou derivados do silicone.

Evitar o excesso de tinturas e de outros tratamentos qumicos, como escova progressiva com ou sem formol. J aos 30 anos, os cabelos esto um pouco cansados, provavelmente por causa dos tratamentos qumicos e da exposio ao Sol. A cutcula provavelmente j no est to ntegra. Os cuidados com a lavagem devem ser iguais aos que se tinha aos 20 anos.

Cauterizao qumica e queratinizao podem ser necessrias para corrigir os estragos causados pelas agresses fsicas e qumicas. Shampoos que sejam tambm portadores de queratina ou do tipo termoativados so teis.

O uso de secadores deve sempre atender necessidade mnima (duas vezes por semana, por exemplo) e o da chapinha deve ser limitado. Escovas (simples) podem ser feitas, mas sem muita agressividade ao realiz-la.

A partir dos 40 anos, os cabelos tero sido muito mal-tratados pelo tempo, o Sol, o vento e os tratamentos qumicos em geral. A cutcula j estar mais aberta e no manter mais o brilho sem a ajuda de alguns procedimentos.

Cuidados de lavagem (dias alternados, temperatura baixa e shampoo adequado).

Cuidados com a cutcula. Cortes regulares (a cada dois meses, no mximo, para as pontas) e aplicao de produtos que mantenham a hidratao ou recuperem a cutcula (banhos de leos, hidratao profunda e cauterizao com nanoqueratinas ou queratinas vegetais).

No abusar do secador ou da chapinha, nem das escovas com o secador muito quente. Procurar no agredir a haste capilar com tratamentos qumicos muito agressivos (escova progressiva ou francesa, formol, entre outros).

Durante a gravidez, a mulher experimenta mudanas em seu corpo e, em especial, nos hormnios. Nessa poca os hormnios femininos tomam conta do corpo e agem mais intensamente sobre os cabelos. Assim, a grvida vai experimentar melhora na penteabilidade, no brilho e na forma dos fios. Eles podem mudar: de crespos passarem a ser lisos, e vice-versa.

Infelizmente, isso tudo acaba com o parto. Aps o parto, existe uma queda considervel dos cabelos, que acontece depois de trs ou quatro que o filho nasce, chamada de eflvio telgeno ps-parto. Ela reversvel espontaneamente, mas pode ser tratada com medicamentos.

Em tempo: mulheres grvidas podem tingir os cabelos!



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos