Pele do homem

Janeiro/Fevereiro 2019

Denise Steiner

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Denise Steiner

Ficou no passado a falta de interesse do público masculino por tratamentos da pele. Hoje os homens têm mais consciência da importância do cuidado e da proteção da pele. A pele masculina apresenta diferenças em relação à feminina, principalmente pela questão hormonal.

Os hormônios presentes no corpo do homem tornam sua pele 25% mais espessa, além de garantirem mais colágeno e elastina – o que retarda o seu envelhecimento. A pele masculina possui, ainda, mais secreção de sebo, o que a torna mais oleosa. Outra diferença é o número de glândulas sudoríparas, que provocam maior sudorese.

A pele masculina também está mais sujeita a agressões externas, a começar pelo barbear diário – que a torna mais irritável. Além disso, os homens em geral consomem mais bebidas alcoólicas e cigarros, fatores que também têm influência negativa sobre a cútis.

A grande produção de sebo nas áreas com maior concentração de glândulas sebáceas, como face, tórax e costas, pode favorecer o surgimento da acne, tanto na adolescência quanto na maturidade. Disfunções ligadas aos fios, como foliculite, pelo encravado e até seborreia do couro cabeludo, são mais comuns nos homens. De todos os problemas, o que causa maior preocupação estética, sem dúvida, é a calvície, que é mais frequente do que nas mulheres.

Embora mais grossa e resistente, a pele masculina exige cuidados especiais diários, como a feminina. A diferença fica a cargo dos produtos específicos para elas e para eles. Além da linha pré e pós-barba, já existem formulações for men de hidratantes, produtos anti-idade, desodorantes e filtros solares – alguns com ativos que previnem a acne e combatem o envelhecimento precoce. Aliás, os homens podem e devem fazer uso de produtos como cremes anti-idade com ácidos ou com substâncias antioxidantes.

É fundamental lembrar que a ação preventiva mais importante, tanto para evitar o câncer como o envelhecimento precoce, é o uso do protetor solar, com formulações especiais for men e com aplicações diárias. Pela característica de possuir grande concentração de glândulas sebáceas e produzir mais sebo, a pele masculina pode sofrer com as formas mais intensas e severas da acne, que deixa marcas e cicatrizes difíceis de serem suavizadas.

A pele dos homens pode demorar mais para envelhecer, mas rugas e os sulcos são bem profundos e marcantes. É importante intervir antes que as marcas estejam muito acentuadas. Os tratamentos usados são peeling, laser, preenchimentos e toxina botulínica. Já para as bolsas pesadas sob as pálpebras, um dos principais desafios para a estética masculina, recomenda-se a blefaroplastia.

Tanto quanto a pele feminina, a masculina precisa ser hidratada. Mas é necessário ter atenção ao escolher o produto, que precisa ser próprio para homens, por causa das particularidades da produção de óleo, das agressões sofridas pela pele com o barbear diário e da presença de pelos em todo corpo. Cuidados especiais também devem ser dispensados aos pés e às unhas. Sempre que possível, os homens devem usar meias de algodão, uma vez que elas absorvem o suor, o que faz com que a pele “respire”. Após o banho, um cuidado importante é secar bem a região entre os dedos, para evitar a proliferação de fungos e frieiras.

Mesmo tendo aumentado a preocupação com a beleza saudável, é comum os homens cuidarem pessoalmente das unhas, principalmente as dos pés. O ideal é recorrer mensalmente a um profissional especializado. Caso opte pela solução caseira, prefira o momento após o banho, quando as unhas estão menos duras. Corte-as em formato quadrado para que não penetrem nos cantos ao crescer. Ao comprar os sapatos, conforto é fundamental. Por isso, evite os modelos com bicos finos.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos