Mercado

Quem são os desocupados do país?

Novembro/Dezembro 2016

Carlos Alberto Pacheco

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Carlos Alberto Pacheco

de conhecimento de todos que a Taxa de Desocupao(1) nacional cresceu no ltimo ano foi de 8,3%, no segundo trimestre de 2015, a 11,3%, no segundo trimestre de 2016. O aumento ocorreu em todas as regies do Brasil, sendo a Nordeste a mais afetada -atualmente com 13,2% de sua populao sem emprego.

Mas como construdo este ndice? Tudo comea com a determinao da Populao em Idade Ativa (PIA). Para a Organizao Internacional do Trabalho (OIT), esta populao compreende pessoas com 14 anos de idade ou mais. Serve para indicar a porcentagem de pessoas que j poderia estar trabalhando, dando assim uma ideia da quantidade de mo de obra disponvel. Hoje, com uma populao de 210,4 milhes, o pas apresenta uma PIA de 170,4 milhes, que corresponde a 81% do efetivo nacional mais que a soma das populaes argentina, colombiana, venezuelana e peruana. A regio Sudeste concentra o maior percentual da PIA, com 83,1%.

No entanto, no so todos os 170,4 milhes de aptos para exercer algum tipo de atividade renumerada que esto de fato ocupados (trabalhando) ou desocupados (procurando alguma atividade remunerada). A parte da PIA compreendida nos termos anteriores forma a Populao Economicamente Ativa (PEA). Atualmente, a PEA nacional corresponde a 61,6% da populao, e este percentual permanece praticamente inalterado h anos, compreendendo 105 milhes de pessoas. Na regio Centro-Oeste, est o maior percentual da PEA: 65,5%.

A partir destes percentuais, dois indicadores muito importantes para avaliar a pujana da economia de um pas podem ser construdos: o Nvel de Ocupao (percentual das pessoas ocupadas em relao PIA) e a Taxa de Desocupao (percentual das pessoas desocupadas em relao PEA). Note que so conceitos diferentes.

O Nvel de Ocupao mede a parte da populao empregada (remunerada) em relao parte da populao apta a trabalhar (PIA), ou seja, mostra o potencial de insero da populao no mercado de trabalho, e, por consequncia, o potencial de consumidores. Quanto maior for este percentual, maior ser o poder econmico de uma nao. O Nvel de Ocupao nacional apresentou queda nos ltimos 12 meses - foi de 56% para os atuais 54,6%. Isso quer dizer que somente 93 milhes de pessoas encontram-se em situao de trabalho remunerado. O maior Nvel de Ocupao do pas est na regio Centro-Oeste (59,2%). No entanto, as outras regies apresentaram queda - exceto o Sudeste, onde o ndice aumentou de 55,9% para 56,1% nos ltimos seis meses. Porm, a mdia nacional j era preocupante e tende a se agravar ainda mais com a atual crise.

Por outro lado, a Taxa de Desocupao (ou taxa de desemprego) mede a parte da populao que no est empregada em relao PEA (Populao Economicamente Ativa), ou seja, o potencial de pessoas que deixaram de ser consumidores mais atuantes por estarem no mercado de trabalho de forma no remunerada. Como j foi dito, atualmente a Taxa de Desocupao nacional de 11,3% - em termos de populao, isto representa 11,9 milhes de habitantes, e, a ttulo de comparao, a cifra corresponde populao da cidade de So Paulo. E quem so estes desocupados? Olhando regionalmente, eles se encontram no Nordeste (13,2%). Segmentando por sexo, os dados mostram uma desigualdade de gnero, pois a Taxa de Desocupao entre as mulheres de 13,2% contra 9,9% frente ao sexo masculino. Do ponto de vista da idade, a populao entre 18 e 24 anos apresenta um ndice de 24,5%, ou seja, de cada 10 jovens, 4 esto desempregados. Em relao ao nvel de instruo, a maior Taxa de Desocupao abrange os que no completaram o Ensino Mdio.

O rendimento mdio real obtido pelas pessoas ocupadas foi estimado em R$ 1.972,00, apresentando queda de 4,2% (h 12 meses, era de R$ 2.058,00). O rendimento mdio da regio Sudeste o maior quando comparado com as demais (R$ 2.279), porm apresentou o mesmo percentual de queda no mesmo perodo. Isto representa uma sada de R$ 107,5 milhes do mercado consumidor.

Concluso: nos ltimos 12 meses, houve menos gente ocupada de forma remunerada, mais gente ocupada ganhando menos, menos dinheiro circulando no mercado consumidor e preos mais altos (IGPM 12,2% e IPCA 8,8%). O nome disto crise.

(1) Percentual da populao desempregada, porm procurando uma ocupao, em relao PEA (Populao Economicamente Ativa).

Dados baseados nos dados disponibilizados pelo IBGE PNAD 2 Trimestre/2016



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Parabns pelo artigo, Carlos Alberto Pacheco! O artigo vai ajudar muita gente a se esclarecer sobre esses ndices relacionados a economia. Qual o valor do rendimento mdio real obtido pelas pessoas ocupadas em outras regies?

por Carlos Mesquita Aguiar 24/02/2017 - 19:16

Novos Produtos