Câncer de pele

Novembro/Dezembro 2015

Denise Steiner

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Denise Steiner

A Sociedade Brasileira de Dermatologia realiza todos os anos, em novembro, a campanha de preveno de cncer de pele.

O melanoma o cncer de pele mais grave. Ele tem incidncia inferior aos outros tipos de cncer de pele, mas apresenta elevada taxa de mortalidade pela rapidez com que produz metstases. As reas mais comuns so o dorso, para homens, e os braos, para as mulheres. Indivduos de cor clara tm um risco maior de desenvolver o melanoma cutneo quando comparados aos negros, asiticos e hispnicos.

A desconfiana de que uma leso seja melanoma ocorre pela anlise clnica da leso. Em geral, pintas pretas, assimtricas, irregulares, com colorao variada e com mais de 2 cm so altamente suspeitas. Nesse sentido, usamos a regra do ABCD para ajudar a fechar o diagnstico. Alm disso, tambm so importantes informaes sobre o aparecimento da leso e dados sobre a sade e a famlia do indivduo acometido. O fato de algum na famlia j ter tido melanoma indica um maior risco para o paciente. Uma pessoa que j teve ou cuja me ou parente prximo j teve melanoma tem maior risco de ser acometida pela doena. Leses que repetidamente aumentam, escurecem, mudam de cor, inflamam, ulceram, sangram ou apresentam qualquer mudana brusca tambm so dados significativos para diagnosticar o melanoma.

Pessoas mais claras, com olhos claros, cabelos claros, com histrico de cncer de pele na famlia ou que tiveram queimaduras frequentes e graves pelo sol devem estar atentas e procurar ajuda mdica e especializada para o diagnstico precoce da leso.

O diagnstico definitivo do melanoma fechado pela bipsia ou pelo exame histopatolgico da leso, que consiste na visualizao das clulas malignas. O exame deve descrever as clulas e, alm disso, dar informaes sobre a profundidade da leso. O exame de dermatoscopia tambm auxilia no diagnstico. Ele pode fornecer mais dados a respeito da leso, que iro compor informaes para o resultado final. Esse exame feito com um equipamento chamado dermatoscpio, que possui uma lente especial que amplia e melhora a visualizao da leso. O dermatologista tem formao para reconhecer esses sinais e fazer um diagnstico mais preciso.

A regra ABCD ajuda no diagnstico do melanoma:
A assimetria X simetria
B borda (irregular) X borda (regular)
C Cores variadas X cor nica
D Dimetro > 0,6 cm X dimetro < 0,6 cm

As leses assimtricas com borda irregular, cores variadas e com dimetro maior que 0,6 cm so mais suspeitas e vo nortear o pedido do exame histopatolgico.

O melanoma pode ser amelantico, isto , sem cor. Nesse caso, pode ser confundido com outros tumores de pele, como o carcinoma basocelular, quando este pigmentado. O melanoma pode ser confundido com outros tumores, como os sarcomas e tambm com leses pr-malignas, como os nevos displsicos, que so pintas com sinais suspeitos, mas que no so melanoma.

O melanoma o mais grave dos cnceres cutneos e, quando diagnosticado precocemente, pode ser retirado com grandes chances de cura total. No entanto, quando no retirado a tempo de evitar a metstase, leva a vrios comprometimentos, inclusive morte.



Outros Colunistas:

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos