Tintura Capilar

Erica Franquilino

Universo de possibilidades

Movimentos e inovações do mercado

Soluções em matérias-primas

Mecanismos de ação das tinturas

 

Edição Temática Digital - Agosto de 2020 - Nº 53 - Ano 15

 

Universo de Possibilidades

O momento é de aderir às mechas coloridas ou de voltar ao tom natural? O ato de mudar ou realçar a cor dos fios é praticado há milhares de anos, como atestam os cabelos de múmias egípcias coloridos com henna. Recurso para afirmação de estilo e personalidade, a tintura capilar sempre foi uma poderosa forma de expressão. Matérias-primas multifuncionais, tecnologias e procedimentos criativos garantem a contínua renovação desse hábito ancestral.


O Brasil ocupa a quarta posição no mercado global de produtos capilares. Dados da Euromonitor International sobre as vendas estimadas do varejo ao consumidor final na categoria hair colourants mostram um recuo de 7,9% no período de 2014 a 2019 (de pouco mais de R$ 5 bilhões para aproximadamente R$ 4,7 bilhões). No ano passado, as três empresas com maior participação no mercado nacional foram L’Oréal (42,5%), Coty (24,1%) e Embelleze (13,3%).


Tinturas capilares podem ser temporárias, semipermanentes ou permanentes e ter apresentações variadas, como gel, creme, mousse, pó e shampoo. Romina Yamamoto, diretora-técnica da Teha, aponta que a coloração permanente (ou por oxidação) é a que apresenta o melhor desempenho no mercado.


“Esses produtos sempre se misturam com um revelador ou creme oxidante, permitem cobertura de 100% dos fios brancos e clareamento de 2 a 4,5 tons. Isso [clareamento] depende do tipo de produto, que pode ser: um superclareador (desenvolvido para ser misturado com creme oxidante de 30 ou 40 volumes, para clarear o pigmento natural de 3 a 4,5 tons), um corretor (para corrigir reflexos indesejáveis) ou um intensificador de cor (desenvolvido para intensificar um reflexo)”, explica.


As tinturas permanentes são formadas por corantes intermediários (também conhecidos como primários ou bases de oxidação) e acopladores. As substâncias intermediárias funcionam como corantes apenas depois de oxidadas, ligando-se aos acopladores e produzindo a cor desejada.


Em síntese, substâncias corantes permanentes são elaboradas para ter longa durabilidade e suportar o processo de lavar, escovar, pentear, friccionar e expor os fios à luz solar, dentre outras ações.


As tinturas semipermanentes (ou tonalizantes) atuam apenas na cutícula, a superfície externa dos fios. Elas não proporcionam efeito de clareamento no tom de base, mas sim o tom sobre tom ou o escurecimento e desbotam após 8 a 12 lavagens, em média. Esse tipo de coloração pode ser associado a um agente oxidante durante a aplicação (de 8 a 12 volumes).


Colorações temporárias são utilizadas para dar nova cor aos fios por um período curto, neutralizar cores indesejáveis (como tons amarelados e esverdeados), intensificar a cor durante o intervalo de uso das colorações permanentes ou “criar efeitos fantasiosos diferenciados e de fácil remoção”, comenta Romina. São utilizados corantes de elevado peso molecular, que não são capazes de penetrar a cutícula. Por essa razão, eles são chamados de corantes de deposição, por ficarem na superfície do fio.


“O resultado da tintura temporária é melhor, e as cores são mais vibrantes em cabelos claros, grisalhos ou descoloridos. A duração da cor varia de acordo com o número de lavagens, o tipo de corante da formulação e sua afinidade com a superfície dos fios, bem como a concentração do corante e a técnica de aplicação. Mas podemos dizer que uma duração média é de 1 a 3 lavagens”, afirma.

 

Movimentos e inovações do mercado


Com 20 anos de experiência no desenvolvimento de colorações capilares, Romina define três fatores essenciais para bons resultados na área: “equipe treinada e motivada; investimentos adequados em instalações, materiais e equipamentos; e suporte da alta gerência em cada novo projeto”.


Romina comenta que o desenvolvimento de novas cores em tinturas permanentes é “emocionante”, mas requer alto grau de agilidade e assertividade, para entender rapidamente as diferentes necessidades do mercado profissional e do varejo. A especialista elege a customização como uma das grandes tendências em tintura capilar.


Já é possível, por exemplo, ter uma coloração para chamar de sua. Em 2018, a Wella lançou o Color DJ, primeiro dispositivo para salão de beleza do mundo projetado para ajudar profissionais em suas criações. A ferramenta é capaz de criar mais de 60 bilhões de cores, para tinturas temporárias ultrapersonalizadas. “A L’Oréal faz uso de realidade aumentada para permitir aos clientes testarem inúmeras colorações e penteados, com o software Style My Hair, criado pela canadense Modiface”, comenta.


“Consumidores têm buscado artigos únicos e desenvolvidos especialmente para as suas necessidades. Entregar produtos e tratamentos customizados é a chave para conquistá-los. Comportamentos de consumo em rápida mudança exigirão que as marcas redefinam segmentações e aproveitem todas as oportunidades de personalização”, argumenta. A tintura ativada por calor da Pravana, a Vivids Mood Color, ilustra esse direcionamento. “É a primeira coloração de cabelo temporária ativada por calor, que transforma o cabelo com um efeito de mudança de cor”, destaca.


O portfólio de produtos profissionais da Keune oferece mais de 100 opções de cores combináveis. “Antes de fabricar um produto, pesquisamos muito sobre as necessidades, perfis e estilos de vida do consumidor. Temos uma gama de colorações que atende a todos os públicos, inclusive os veganos”, diz Sionara Bandeira, coordenadora técnica da Keune Brasil. Os produtos da marca são divididos nas famílias Tinta Color, Semi Color e So Pure Color.


As colorações permanentes da Tinta Color têm baixo teor de amônia (1 a 2%), como as opções da linha Ultimate Blonde, “que comportam todas as séries de tintas clareadoras e possibilitam clareamento de até seis tons”, comenta. Os tonalizantes Semi Color oferecem quase todas as cores dos produtos Tinta Color, com cobertura de até 70% dos fios brancos e sistema antifrizz.


“Nesse segmento, temos uma tonalidade transparente, para quem quer acrescentar apenas brilho ao cabelo. Para as mulheres que querem tratar os cabelos loiros e mantê-los com a cor íntegra, essa é a melhor opção. Esse produto ainda tem a vantagem de não mostrar o crescimento da raiz, pois vai suavizando a cor a cada lavagem. A durabilidade é de até 14 lavagens”, menciona.


A So Pure Color é uma coloração premium permanente sem amônia, formulada com óleo de argan. Sionara ressalta que a presença dos óleos essenciais de jasmim e de sândalo na composição proporciona uma “experiência aromática” durante o serviço de coloração. Sionara também cita como destaque a 1922 Color Professional, exclusiva para homens “que gostam de manter a aparência renovada, camuflando os cabelos brancos sutilmente”.


O tempo de ação da 1922 Color Professional é de apenas cinco minutos. “Ela não marca o crescimento da raiz. É um serviço que pode ser realizado mensalmente, a cada corte de cabelo, e que também pode ser feito na barba e no bigode”, afirma.


Para a coordenadora técnica, os brasileiros ainda são conservadores e demoram mais a aceitar grandes mudanças na cor dos fios, com prevalência dos tons marrons e de aspecto natural. “Entre as mulheres, os loiros com luzes sempre agradam, porque possibilitam muitas mesclas de cor, o que oferece efeito 3D e valoriza muito a pele e o corte do cabelo, quando bem combinados. No inverno, há uma preferência por tons levemente quentes, que amenizam a palidez”, comenta.


Ela acredita que o momento atual, com menos idas aos salões, proporciona um reencontro com o “eu” de cada um. “Muitas mulheres passaram a buscar colorações mais próximas da cor natural do cabelo, apenas para cobrir os fios brancos. Outras apostaram nas mechas iluminadas, possibilitando que a raiz não seja feita com tanta frequência. Ainda assim, o cabelo fica bonito”, diz.


Tonalidades naturais, marrons, cobres leves e loiros mais discretos são tendências, a exemplo das cores em tons de chocolate, avelã, beges, perolados, dourados acobreados e bases naturais. “Acredito que muitas mulheres arriscam assumir seus brancos para ver no que dá. A experiência de ficar em casa pode trazer certa coragem, visto que poderão passar por essa transição sem se expor muito”, completa.


A L’Oréal informa que a cor mais procurada pelas brasileiras permanece a mesma desde que a tintura Imédia foi lançada no país, em 1959: o Louro Natural 7.0. Atualmente, a Imédia Excellence, marca da divisão L’Oréal Paris, abrange 34 nuances e promete cor intensa, além do cuidado do couro cabeludo e dos fios.


Inspirado na rotina de salões de beleza, o procedimento começa pela aplicação do Creme Colorante Protetor com Pró-keratina. Na sequência, é utilizado o Shampoo Cuidado Profissional, com pH balanceado, que limpa delicadamente o couro cabeludo e remove o excesso de coloração dos fios. A finalização da Imédia Excellence é feita com o Cuidado Milagroso da Cor, que nutre e sela as cutículas, doando brilho e maciez.


Laura Parkinson, diretora da marca L'Oréal Paris, destaca que a Casting Creme Gloss - Coloração Nutri-Brilho Sem Amônia “é a porta de entrada para o mundo da coloração: 64% de suas usuárias não faziam uso de nenhum produto do tipo antes”. A linha colore os fios sem ressecá-los, “é compatível com outras químicas e pode ser utilizada até em cabelos que sofreram cortes químicos. É perfeita para mulheres que querem realçar a cor dos fios com mais brilho e para as que desejam esconder os brancos, mas preferem evitar a coloração permanente”, acrescenta.


Os produtos profissionais da Schwarzkopf Professional são comercializados em mais de 125 países. Dentre as colorações de maior destaque, está o Igora Royal, que proporciona até 100% de cobertura dos cabelos brancos, retenção de cor duradoura e tons intensos. “Ela equaliza a cor do cabelo, oferecendo uma ótima performance, com resultados absolutamente fiéis à cartela de cor”, afirma Adriana Furushima, especialista técnica da Schwarzkopf Professional.


São lançamentos recentes da marca as linhas Igora Vibrance (de tonalizantes) e a tbh – true beautiful honest (de colorações permanentes, apresentada ao mercado no ano passado). “Igora Vibrance é uma coloração semipermanente líquida que controla o nível de hidratação no interior do cabelo, estabilizando a estrutura interna da fibra. A formulação é livre de álcool e oferece cobertura de até 70% dos cabelos brancos. Além de entregar cores vibrantes, a linha proporciona um serviço exclusivo para loiros, com os matizadores tom pastel, que conferem brilho e resultados extremamente naturais”, afirma.


A linha tbh – true beautiful honest traz personalização e permite a criação de cores sem que os fios “percam sua autenticidade”. Com base no conceito de beleza sem filtro, as nuances multidimensionais respeitam e iluminam os reflexos mais claros e escuros da cor natural do cabelo, proporcionando brilho intenso, em tons cintilantes e iridescentes – com cobertura de até 100% dos fios brancos.


“Para entregar esses resultados, as formulações de tbh – true beautiful honest são compostas por até 92% de ingredientes naturais, complementados por ativos que proporcionam maior desempenho. Elas têm 50% menos amônia do que as colorações permanentes tradicionais e são livres de PTD [para-toluenodiamina]”, menciona. A linha é composta por 26 cores – classificadas em naturais, frias e quentes – além do Tone Softener - Suavizador de Tons, criado para inspirar a criatividade do cabeleireiro.


Para a especialista, há uma forte demanda em salões de beleza por resultados que aliem cor luminosa e aparência saudável. “Também notamos a busca cada vez mais frequente por colorações formuladas com ingredientes naturais. Acreditamos que, nos próximos anos, as tendências de moda, beleza e coloração capilar devem permanecer nesse direcionamento, com linhas que ofereçam novas cores e reflitam ao máximo a personalidade do cliente”, completa.

 


A Henna Creme, assim como todos os outros cosméticos da Surya Brasil, tem composição 100% vegana e livre de amônia, com 15 extratos vegetais da Índia e da Amazônia. O produto, pronto para uso, está disponível em 16 cores. Clélia Angelon, idealizadora da Surya Brasil, menciona como diferencial a compatibilidade com procedimentos como luzes, alisamentos e escovas progressivas. “Não há necessidade de pausa entre as aplicações”, aponta.

Ela ressalta a crescente atenção dos consumidores aos rótulos e às informações apresentadas nas embalagens, com foco em opções que não agridam a saúde e o meio ambiente. “A busca é por uma coloração mais saudável, natural, que seja pronta para uso e de fácil aplicação. A Henna Creme é prática, livre de misturas, cobre 100% dos fios brancos na primeira aplicação e é compatível com cabelos quimicamente tratados. É um produto multifuncional: colore, trata e condiciona os cabelos”, define.

 

 

Soluções em matérias-primas


Prodew 500, da Ajinomoto, é um blend que une alta performance e sustentabilidade. Produzido localmente, o produto tem composição à base de aminoácidos e é livre de derivados de animais. “Ele atua de maneira distinta aos outros ativos capilares que agem somente na superfície da fibra capilar, com benefícios de dentro para fora”, diz Tatiana Gargalaka, gerente da divisão Aminoscience da Ajinomoto.


Ela informa que a composição de aminoácidos do Prodew 500 é análoga à encontrada no Cell Membrane Complex (CMC), matéria intercelular que conecta as estruturas capilares. “Na fibra capilar humana, o CMC e a endocutícula são regiões muito vulneráveis aos tratamentos químicos, como descoloração, coloração e alisamento. Lavagens e tratamentos térmicos com secador e chapinha também podem danificar o CMC. O resultado é um cabelo sem brilho, frágil, quebradiço e repleto de pontas duplas”, afirma.


O blend tem ação protetora e reparadora em cabelos tingidos e descoloridos, sem interferência na tonalidade final. Em fios constantemente descoloridos, o ativo recupera a força da fibra. Ele também minimiza o desbotamento e devolve o brilho a cabelos tingidos com frequência. O Prodew 500 pode ser adicionado em formulações de shampoo, condicionador, ampolas, máscaras e cremes capilares.


“Consumidores têm optado por cabelos naturais, por medo de danos. O Prodew 500 dá a oportunidade para que nossos clientes ofereçam produtos [para coloração] alinhados a essa preocupação”, comenta.


Para Fernanda Soro, gerente sênior de marketing LATAM da Sensient, o compromisso com o “#fiqueemcasa” reforçou o uso doméstico de tinturas, com produtos de fácil aplicação. “Muitos consumidores aprenderam a colorir o cabelo por necessidade e economia. Esse comportamento deve permanecer no novo normal”, acredita. O panorama favorece o consumo de tinturas semipermanentes, que não clareiam ou alteram a estrutura dos fios e são ideais para a manutenção da cor atual, banho de brilho e pós tratamentos químicos.


“O mais interessante é que conseguimos proporcionar uma aplicação muito simples dentro do conceito de multifuncionalidade, em shampoos, condicionadores e máscaras capilares. Podemos também desenvolver formulações que proporcionem o claim de cuidado e hidratação, adicionando, por exemplo, ativos botânicos, óleos, vitaminas e proteínas, o que minimiza a percepção de que a coloração capilar causa danos aos fios”, afirma.


A Sensient comercializa linhas completas de corantes catiônicos ou ácidos das marcas Arianor e Unicert, com alta pureza e que podem ser utilizados em tinturas semipermanentes. A linha Arianor Flash oferece um complexo sinérgico de corantes catiônicos e agentes biotecnológicos na forma de pó. “Como num passe de mágica, basta aplicar água e a tecnologia se converte num produto pronto para aplicação, com excelente afinidade com cabelos quimicamente tratados”, ressalta. “A linha oferece vasta opção de cores prontas, que eliminam a etapa de desenvolvimento e de ajustes de cor, proporcionando economia de tempo no controle de qualidade e menor volume de estoque”, completa.


Colorações temporárias permitem mudanças constantes de cor, de forma prática e rápida. Para essa finalidade, o portfólio da Sensient conta com uma linha de blends de pigmentos tratados e prontos para uso: o Uniquesient C-BOX, disponível em tons naturais e fantasia.


“Temos também a linha Natpure Xfine, com extratos 100% naturais oriundos de ‘superfood’, que proporcionam cor e cuidado, pois também contêm ingredientes ativos antioxidantes de sucos vegetais. Por sua naturalidade e pelas opções de tons mais fortes e vivos, a linha é uma alternativa ideal de maquiagem capilar para crianças, que adoram mechas coloridas”, menciona.


A praticidade une-se à naturalidade, outra tendência global “que avança exponencialmente”. A linha de corantes naturais Natpure Col, nas opções Henna, Cassia e Índigo, “não tem amônia ou peróxido, proporcionando efeito de tintura semipermanente, sem danos oxidativos. São itens veganos, com origem totalmente vegetal e alta performance de deposição”, comenta.


No que diz respeito à degradação da cor decorrente da exposição à luz solar, Fernanda menciona os benefícios do Sensishield, fitoativo para proteção UV de cabelos tingidos, composto por extratos botânicos de chá-verde, obtidos pelo processo patenteado PhytoClean, 100% à base de água. “Essa tecnologia conta com propriedades antioxidantes advindas de polifenóis e cafeína, que combatem o ataque de radicais livres ao cabelo, e a presença de catequinas específicas que fornecem proteção UV superior”, diz.


Apesar da valorização da naturalidade, Fernanda vislumbra o crescimento do uso de tinturas com cores vivas e intensas, como forma de escapismo ante à “montanha-russa emocional” da atualidade. Ela afirma que, internacionalmente, a cor mais usada nos cabelos é a rosa.


“Sob o ponto de vista psicológico, essa é uma cor considerada ‘feliz’ e ‘calmante’, quando apresentada na tonalidade pastel. Como a maioria de nós aderiu a um estilo confortável em casa, com pijamas e peças de moletom, pouca ou nenhuma maquiagem e cabelos mais livres, colorir os fios de rosa seria uma maneira de destacar nosso lado mais leve e suave”, aponta.


As cores fantasia também ganham espaço impulsionadas pelo movimento DIY. “Consumidoras buscam kits de coloração fáceis de usar, que não danifiquem os cabelos e que os deixem com a aparência de ‘acabei de sair do salão’ por mais tempo”, comenta Liliana Brenner, diretora de marketing da Ashland.


Marcas investem em linhas cada vez mais completas, para que o procedimento de colorir os fios no estilo “faça você mesmo” proporcione a melhor experiência possível. “Esses kits incluem um ou mais boosters, como os de coloração profunda, abrilhantador dos fios, nutrição, texturização, os que tratam o couro cabeludo e, principalmente, os que garantem a vivacidade da cor por mais tempo. Aplicadores específicos conferem praticidade à aplicação e viabilizam reflexos coloridos em pequenas mechas de fios, sem manchar os restantes”, explica.


A Ashland dispõe de tecnologias para serem aplicadas às formulações de tinturas permanentes, semipermanentes e temporárias, além de shampoos tonalizantes, produtos para retocar as raízes, tratamentos para reconstrução capilar após danos oxidativos, produtos para diminuir o desbotamento da cor e ativos para cuidar do couro cabeludo que minimizam a coceira e o desconforto.


Dentre os ingredientes da empresa voltados a esse mercado estão:


Lunadye System – solução inovadora para todos os tipos de formulação de tintura capilar. Proporciona o aumento da eficácia da coloração, do brilho e da uniformidade da cor, garantindo melhor resultado estético, com resultados comprovados de menor dano à fibra capilar durante o processo de coloração.


Chromohance 113 – polímero multifuncional para ser utilizado em shampoos, condicionadores de enxágue e leave on. Mantém a aparência de “acabei de sair do salão” por proteger os fios contra o desbotamento causado pelas sucessivas lavagens, manter o condicionamento, o movimento, o brilho e a vivacidade da cor por mais tempo.


Escalol HP – fi ltro solar desenvolvido especificamente para os cabelos, para proteger as fibras dos danos causados pela radiação. Por ser quaternizado, oferece substantividade aos fios, podendo ser utilizado até em produtos com enxágue. Formulações com Escalol HP reduzem a degradação do triptofano e a quebra das ligações dissulfídicas, prevenindo a mudança da tonalidade da coloração e o aumento da rugosidade dos fios, além de melhorar a penteabilidade e o condicionamento.


Fiberhance BM – derivado da glucose biodegradável que penetra profundamente no córtex capilar, devolvendo força e movimento a cabelos danificados.


Lumini System – ativo que proporciona brilho, hidratação e proteção da cor em cabelos tingidos. Ajuda na defesa contra a poluição do ar, criando uma barreira física graças à ação texturizadora da fibra capilar.


LunaMatrix System – tecnologia com efeito bioativo positivo, que devolve a massa perdida dos cabelos por processos oxidativos, reconstruindo interna e externamente a fibra capilar para restabelecer força, elasticidade, maciez, corpo e movimento aos fios.


BiotHAIRapy – linha de ativos biofuncionais que revitaliza a raiz dos cabelos. Tem origem natural, biodegradável e validada pela certificação COSMOS, para tratamento e proteção do couro cabeludo e do folículo capilar.


Chromafend – ativo biofuncional inspirado na tecnologia “Hair Melanin System”, contra o aparecimento dos fios grisalhos. Ele aumenta significativamente o escurecimento dos fios por meio do aumento da melanina no córtex capilar.


Procataline G2 – inspirado no “Hair Antioxidant System” para detox dos cabelos e purificação do couro cabeludo. Reduz o dano oxidativo (melhorando a hidratação e a função de barreira), equilibra a oleosidade (ajudando a reduzir a descamação, a vermelhidão e a irritação do couro cabeludo), e ajuda a proteger os fios dos danos causados pela poluição do ar.


A Momentive comercializa diversas especialidades de silicone, entre eles o Silsoft A+ LT fluid, indicado para formulações de tinturas capilares. O fluído é um copolímero multibloco de aminossilicone, livre de surfactantes e com equilíbrio hidrofílico/hidrofóbico ideal para esse segmento de produtos.


“O Silsoft A+ LT fluid confere melhor deposição em cabelos danificados na comparação com aminossilicones tradicionais. Por essa razão, ele oferece excelente desempenho às tinturas capilares, com ótimo custo-benefício”, ressalta Juliana Zachele, da equipe de personal care da Momentive. Essa propriedade pode conferir benefícios significativos ao desenvolvimento das formulações, como a redução de custos no processo devido à facilidade de incorporação dos demais ingredientes.


Para Daniella Francischetti, gerente de marketing da Solabia, o momento atípico que estamos vivendo é um componente importante no desempenho de tinturas capilares e que deve continuar impactando hábitos, na onda do DIY: “a partir da quinta semana da pandemia nos Estados Unidos, observou-se um aumento de 23% na venda de tinturas de cabelo em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com a Nielsen”.


Pesquisadores da Solabia desenvolveram o Resistanse, um ativo biotecnológico estabilizado em óleo vegetal, que aumenta a resistência dos fios à perda da cor após sucessivas lavagens. A molécula é uma “ceramida-like” obtida sem a utilização de solventes a partir de dois ácidos graxos saturados de origem vegetal: o ácido behênico e o ácido esteárico.


“Os lipídios e particularmente as ceramidas estão presentes no cimento lipídico capilar, formando uma ligação entre as escamas, garantindo a coesão das cutículas e dando ao cabelo um certo grau de impermeabilidade. As agressões diárias ao cabelo, combinadas a fatores externos, removem gradualmente os lipídios das cutículas, fazendo com que os fios percam a cor obtida pelo tingimento mais facilmente”, explica.


Resistanse fornece proteção contra a descoloração dos cabelos mesmo depois de 15 lavagens e tem como diferencial a múltipla resistência. “Além da tão desejada proteção da cor, ele oferece resistência mecânica, promovendo aumento e melhora da força e da flexibilidade dos fios, deixando-os macios e com movimento. Outros pontos de destaque são o controle do volume e a redução do frizz na fibra capilar por até 24 horas, sob condições extremas de umidade”, afirma. Daniella acrescenta que o ativo produzido no Brasil “tem excelente relação custo-benefício”, sendo indicado para a finalização de todos os tipos de tratamento capilar, em diferentes formulações.


Emma Tovani Benzaquen, diretora de marketing da Tovani Benzaquen, menciona dados de mercado que apontam oportunidades para fabricantes que investem em ingredientes de origem natural. “Um estudo da Mintel mostrou que, dentre as pessoas que tingiram os fios nos 12 meses anteriores à pesquisa e que pretendiam tingir os fios nos próximos 12 meses, 35% afirmaram que preferiam usar produtos para cuidados capilares com ingredientes naturais. Consumidores têm buscado produtos com claims como ‘botânico/herbal’, ‘100% natural’, ‘orgânico’ e ‘sem aditivos/conservantes’”, destaca.


A empresa oferece diversas alternativas em matérias-primas para tinturas capilares com aprovação COSMOS e que podem ser utilizadas no desenvolvimento de tinturas que apresentem esses claims. O Plantapon LGC Sorb (Sodium Lauryl Glucose Carboxylate (and) Lauryl Glucoside) é um tensoativo suave que pode ser utilizado em colorações tipo shampoo. “É um tensoativo aniônico que combina a suavidade dos APG com um ótimo desempenho de espuma e sensorial, além de auxiliar na manutenção da cor”, comenta Rosangela Barzinski Gonzalez, gerente técnica da empresa.


Lamesoft PO 65 (Coco Glucoside (and) Glyceryl Oleate) é um “biolipídio” repositor da camada lipídica do couro cabeludo e do cabelo, por apresentar composição similar à barreira lipídica da pele. O ativo atua reduzindo o ressecamento e a irritação no couro cabeludo, comuns em processos de coloração alcalina, além de formar um filme nos fios, reduzindo o frizz, o volume e a quebra.


Dentre as opções de emolientes para formulações em creme ou loções, está o Cetiol CC (Dicaprylyl Carbonate). O emoliente tem excelente compatibilidade dérmica, além de ser carreador dos corantes e modificador de reologia. “Ele auxilia na espalhabilidade do produto no fio, sendo o éster ideal para colorações ácidas. Nos condicionadores, confere brilho intenso aos cabelos danificados por processos de coloração”, cita Rosangela.


Gluadin WLM BENZ é uma microproteína de trigo que pode ser usada em todos os tipos de colorações capilares e linhas de tratamento pós coloração. O ativo penetra profundamente na fibra, até o córtex capilar, reparando o fio e reduzindo a quebra em mais de 80%. “Para linhas de produtos pós coloração, temos o Sphingoceryl VEG LS 8712, fitoceramida de girassol que apresenta efeito protetor da coloração nos fios, quando expostos à radiação UVB”, completa.

 

 

     Mecanismos de ação das tinturas

 

 

A especialista Romina Yamamoto, diretora técnica da Teha, sintetiza as formas de interação dos produtos com os fios para a formação da cor:

 


Coloração temporária – os corantes se depositam sobre a cutícula da fibra capilar, por afinidade de carga. Corantes diretos já têm cor e não precisam reagir com um oxidante para que ela seja revelada. Os corantes não entram no córtex.


 

 


Coloração semipermanente 
– a ação acontece por meio de corantes diretos que intrinsecamente possuem cor. Esses corantes são moléculas de baixo peso molecular que atravessam a cutícula e chegam ao córtex. São compostos aromáticos não iônicos: nitroanilinas com alta polaridade e que formam ligações de Van der Waals.


 

 


Coloração permanente 
– os corantes intermediários primários e acopladores atravessam a cutícula, com porosidade aumentada por hidratação e alcalinização, e chegam ao córtex pelo mecanismo de difusão intercelular.


No córtex, os intermediários primários são oxidados pelo peróxido de hidrogênio para depois reagirem com os acopladores, obtendo-se moléculas coloridas de maior tamanho, que se tornam insolúveis no interior dos cabelos e ali ficam retidas. Enquanto essas reações são produzidas, o peróxido de hidrogênio (creme oxidante) degrada parte da melanina dos cabelos, produzindo assim o seu clareamento.

Matérias relacionadas:

Potencial do Mercado Teen

Erica Franquilino

Mscaras Faciais

rica Franquilino

Produtos para Barba

rica Franquilino

Novos Produtos