29-11-2018

Cientistas desenvolvem biomarcador fotográfico para identificar idades

A startup estoniana Haut.AI, em parceria com a Insilico Medicine, que usa genômica e análise de dados para descobrir doenças relacionadas à idade, conduziu uma pesquisa para avançar na precisão da previsão da idade. O preditor PhotoAgeClock foi treinado em 8.414 fotos anônimas de alta resolução dos cantos dos olhos.


“O desenvolvimento de biomarcadores confiáveis de envelhecimento baseados em imagens fotográficas da pele e do rosto tem o potencial de acelerar a pesquisa sobre o envelhecimento e ajudar a identificar intervenções que melhorem a saúde e a beleza da pele, em um nível individual. O estudo de múltiplas condições de pele usando IA e visão computacional pode mudar a abordagem sobre os cuidados com a pele”, comentou Anastasia Georgievskaya, CEO da Haut.AI.


Os pesquisadores esperam que os biomarcadores de envelhecimento possam ser usados para detectar precocemente doenças ou impedir o seu surgimento. Eles também poderiam ajudar no desenvolvimento de intervenções biomédicas e tratamentos para a pele nos quais o indivíduo possa viver uma experiência mais personalizada.




Notícias relacionadas

Proteção contra o estresse urbano

Para um alívio direcionado à pele estressada, a DSM aponta as soluções Alplaflor Scutellaria AO e Bel-Even

+

BASF apresenta nova geração da ferramenta Sunscreen Simulator

O simulador on-line passa a incluir cálculos dinâmicos imediatos e comparações em paralelo de múltiplas formulações, entre outras melhorias

+

Anvisa realizará reunião pública sobre serviços de embelezamento

A reunião acontecerá nesta quinta-feira, 22. O objetivo é debater a regulamentação sanitária para esses serviços

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos