06-12-2018

Informalidade atinge 37,3 milhões de trabalhadores em 2017, diz IBGE

Segundo dados divulgados pelo IBGE, em 2017 o Brasil tinha 37,3 milhões de pessoas trabalhando sem carteira assinada: 1,7 milhão de pessoas a mais em relação a 2016, quando 35,6 milhões de trabalhadores estavam nesta situação.


O total de trabalhadores informais em 2017 representa 40,8% de toda a população ocupada (que exerce alguma atividade remunerada) no país. Os dados do IBGE apontam que a informalidade vinha caindo aos poucos desde 2012, quando começou a ser feita a
pesquisa, mas aumentou no ano passado.


Quase metade (46,9%) da população preta ou parda (denominação oficial usada pelo IBGE) está na informalidade. O percentual entre brancos é menor (33,7%). O nível de informalidade é equivalente entre homens e mulheres: 40,8% deles não têm registro em carteira, enquanto 40,7% delas estão na mesma situação. A renda do trabalhador informal é menos da metade da renda de quem atua com registro em carteira. Em 2017, os informais recebiam, em média, 48,5% dos rendimentos dos formais.




Notícias relacionadas

DSM fortalece time comercial na América Latina

Com mais de 15 anos de experiência no setor, Eduardo Aguiar assume a gestão comercial da área de personal care da companhia

+

Pesquisa encomendada pela P&G aponta tendências de consumo no Brasil

“Mundo pós-plástico”, “beleza fora do padrão” e “maternidade real” estão entre as tendências mapeadas pelo estudo, realizado com base nos temas sustentabilidade, diversidade e família

+

Grupo Hinode lança loja on-line

O e-commerce, que oferece 30% do catálogo das marcas do grupo, também bonifica os consultores da marca

+

Luminus e ONG Tesoura Sem Ponta realizam ação solidária em SP

O “Perucaço na Paulista” vai presentear com perucas mulheres em tratamento contra o câncer. Pessoas que querem doar cabelos também poderão participar da ação, que acontecerá no domingo

+

Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos