21 de Outubro de 2018
11-10-2018

Indústria do bem-estar é um negócio de US$ 4 trilhões

A indústria global de bem-estar cresceu 12,8% nos últimos dois anos – de US$ 3,7 trilhões em 2015 para US$ 4,2 trilhões em 2017 – segundo a edição 2018 do Global Wellness Economy, produzido pelo Global Wellness Institute (GWI).


De 2015 a 2017, a economia do bem-estar cresceu 6,4% ao ano, quase duas vezes mais rápido que o crescimento econômico global (3,6%). A indústria do bem-estar agora representa 5,3% da produção econômica global. Lançado durante o Global Wellness Summit, o relatório apresenta dados sobre dez mercados que compõem a economia global de bem-estar.


Dentre os setores estão:


Cuidado pessoal, beleza e anti-envelhecimento (crescimento médio anual de 4,1%)


Alimentação saudável, nutrição e perda de peso (4,1%)


Turismo de bem-estar (6,5%)


Fitness e cuidados com o corpo e a mente (4,8%)


Medicina preventiva e personalizada e saúde pública (3,7%)


Spas (9,8%)


Bem-estar no local de trabalho (4,8%)


“Para mais pessoas, o bem-estar está evoluindo de raro para diário, de episódico para essencial, de um luxo para um valor de estilo de vida dominante. E essa mudança profunda está impulsionando um crescimento poderoso”, observou Katherine Johnston, pesquisadora sênior da GWI.


Deixe seu comentário

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos