11-10-2018

Dove ganha certificação cruelty-free

Dove ganha certificação cruelty-free
A Dove anuncia que acaba de conquistar sua certificação global pela Peta - People for the Ethical Treatment of Animals – como sendo uma marca cruelty-free, ou seja, que não faz testes em animais em toda a cadeia de fabricação de seus produtos. A partir do início de 2019, o selo cruelty-free passará a fazer parte da comunicação e das embalagens dos produtos Dove.


“Por mais de 30 anos usamos abordagens não-animais para avaliar a segurança de nossos produtos e ingredientes. E, após Dove anunciar uma política que proíbe qualquer teste deste teor em todo o mundo, estamos muito satisfeitos em dizer que nossos produtos agora carregam o selo ‘livre de crueldade’ da Peta. Essa é mais uma forma de garantir aos consumidores que a marca não faz testes em animais”, explica Sophie Galvani, vice-presidente de Dove Global.


De acordo com Kathy Guillermo, vice-presidente sênior da Peta, “a organização tem o prazer de certificar uma marca de cuidados pessoais globalmente reconhecida, como Dove, como livre de teste em animais. Sabemos que os consumidores apreciarão o compromisso de Dove de terminar permanentemente estes testes em todo o mundo e, embora ainda haja muito a ser feito, esperamos que essa conquista inspire outras empresas e marcas de beleza a seguirem o exemplo”.


A Unilever, detentora da marca Dove, foi reconhecida pela Peta como uma “empresa que trabalha para a mudança regulatória”. Isso indica que a companhia não tem a prática de realizar testes em animais para suas demais marcas, exceto em países que seja exigido por lei.


Como parte de seu acordo de apoiar a causa, a Unilever também fará parceria com a Humane Society International (HSI), organização global de proteção animal, para reforçar a iniciativa #BeCrueltyFree, cujo objetivo é divulgar reformas legislativas no mercado de beleza, proibindo testes em animais. Para isso, a Unilever ajudará no desenvolvimento de ferramentas que serão utilizadas em tomadas de decisões sobre segurança de produtos, usando métodos nos quais esses testes não sejam necessários. “Estamos muito esperançosos de que, por meio da colaboração entre empresas, ONGs e órgãos regulatórios, em breve será possível avaliar a segurança de todos os produtos e cosméticos, sem qualquer necessidade de testes em animais”, afirmou David Blanchard, diretor de P&D da Unilever.




Notícias relacionadas

Grupo Kosmoscience anuncia novidades na gestão de negócios

Nelson Perassinoto é o novo diretor-executivo do grupo. Ele assume a gestão de negócios e processos para o mercado nacional, funções até então exercidas por Adriano Pinheiro, que passa à presidência da empresa

+

P&G compra a Walker & Co

Detentora das marcas Bevel e Form Beauty, a norte-americana Walker & Co comercializa produtos de cuidado pessoal desenvolvidos para pessoas negras

+

Natura estimula paternidade ativa

A empresa ampliará o atendimento do berçário nas sedes de São Paulo e Cajamar aos funcionários que são pais, a partir de fevereiro de 2019

+

Copom mantém Selic em 6,5% ao ano

A taxa básica de juros permanece inalterada pela sexta vez seguida

+

Deixe seu comentário

código captcha

Gostei

por Cida Santana 22/10/2018 - 11:56

Novos Produtos