24 de Setembro de 2018
11-09-2018

Colômbia poderá proibir testes em animais

A Colômbia está perto de proibir a realização de testes em animais para o desenvolvimento de cosméticos e produtos para cuidado pessoal. Um projeto de lei foi apresentado ao congresso colombiano na semana passada. Se a lei for aprovada, a Colômbia se juntará a mais de 40 países em todo o mundo nos quais os testes em animais são proibidos.


A legislação proposta exige o banimento total dos testes, no que diz respeito a cosméticos e ingredientes que compõem a formulação do produto. O projeto de lei se aplicaria a todos os produtos e ingredientes cosméticos fabricados na Colômbia, bem como às importações, com entrada em vigor 12 meses após a aprovação.


A pressão para avançar com a proibição mundial de testes em animais para cosméticos avança desde que membros do Parlamento Europeu adotaram uma resolução, em maio deste ano, que pretende proibir testes em animais em todo o mundo até 2023. A Animal Defenders International (ADI) vem pressionado esse movimento e sua atuação tem sido fundamental para fazer o projeto decolar na Colômbia. A organização alega que testes alternativos avançados são agora invariavelmente mais confiáveis do que os testes realizados em animais.

Comentários

código captcha

Seja o Primeiro a comentar

Novos Produtos