Luiz Brandão

Luiz Brandão

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Todas as colunas

Pareceres da Catec

So pareceres tcnicos em matrias relacionadas aos produtos de higiene pessoal, cosmticos e perfumes, emitidos pela Cmara Tcnica de Cosmticos, cujo conhecimento so indispensveis na elaborao do processo de registro de produtos...

Usando as listas proibidas e restritiva

Uma das dificuldades no momento da preparao do processo para a notificao ou registro de produto est na exata verificao das listas proibida e restritiva, oficializadas pelas RDC 48/2006 e RDC 215/2005, respectivamente. Nesta oportunidade, vamos analisar alguns erros come...

Notificao de produtos de grau 1

A notificao de produtos cosmticos classificados como grau de risco 1 foi normatizada pela RDC 335 de 22 de julho de 1999. De l para c, passados 6 anos, essa norma foi substituda pela Resoluo RDC 343 de 13 de dezembro de 2005. Na vigncia da primeira norma as notifica...

Exigncias e indeferimentos

Por se tratar de assunto de mxima importncia para os profissionais que preparam as informaes para notificao e registro de produtos cosmticos, aqui vamos mais uma vez abordar causas que tm sido motivo de exigncias e indeferimentos de processos. Com base no balano apre...

Registrando produtos cosmticos importados

Continuando com o tema Registro de Produtos, nesta oportunidade vamos falar de produtos importados. A maior dificuldade na obteno de informaes sobre o produto, necessrias para o registro deve-se desconfiana do fabricante no exterior. Seguem informaes obrigatrias ...

Dados do produto

Nesta oportunidade vamos falar da apresentao dos dados fsico-qumicos e microbiobolgicos e da estabilidade do produto cuja apresentao correta imprescindvel para diminuir os indeferimentos no peticionamento eletrnico, junto a Anvisa. Especificao fsico-qumica de su...

Frmula

Prosseguindo no comentrio sobre os motivos que causam maior nmero de exigncias e indeferimentos no peticionamento eletrnico, junto a Anvisa, vamos falar da Frmula. Componentes da frmula O nome dos ingredientes deve ser apresentado na nomenclatura INCI, assunto j disc...

Rotulagem

Um dos maiores fatores que provoca exigncias, correes e indeferimento a rotulagem. No momento da solicitao do registro de um produto grau 2 ou notificao de produto grau 1, tem que se tomar muito cuidado para que o processo no sofra atraso com exigncias. Uma regra si...

Como usar a INCI

A RDC N. 211, de 14/7/05, em seu Regulamento tcnico sobre rotulagem obrigatria geral para produtos de higiene pessoal, cosmticos e perfumes, diz: Ingredientes/Composio: descrio qualitativa dos componentes da frmula atravs de sua designao genrica, utilizando a codi...

Depilatrios e epilatrios Regulamentao brasileira

Homens e mulheres tentam eliminar cabelos e plos do corpo h sculos. Encontramos relatos de 1.500 a.C. sobre um produto para depilar a base de trissulfeto de antimnio e outro composto de soda custica. Clepatra (sempre ela) usava um produto a base de cera quente embebida em...

Como usar a INCI

A RDC N. 211, de 14/7/05, em seu Regulamento tcnico sobre rotulagem obrigatria geral para produtos de higiene pessoal, cosmticos e perfumes, diz: Ingredientes/Composio: descrio qualitativa dos componentes da frmula atravs de sua designao genrica, utilizando a codi...

Registro de produto grau de risco 2

Continuando com o tema sobre como evitar indeferimento, vamos falar sobre a documentao complementar que deve ser anexada ao pedido de registro grau de risco 2. Testes de segurana e eficcia Os testes de eficcia e segurana, apresentados no ato do registro ou de altera...

Novos Produtos