Cosmetics

publicidade
http://www.tecnotests.com.br/ http://www.basf.com http://www.in-cosmeticsbrasil.com.br http://www.daltomare.com.br http://www.sarfam.com.br

Edição Atual

http://www.chemspecs.com.br
http://rxsuporte.com.br/
http://www.daltomare.com.br
http://www.cosmotec.com.br/
http://www.croda.com
http://www.sensient.com.br/
http://goo.gl/DNY3b
http://www.in-cosmeticsbrasil.com.br
http://www.basf.com
01 de Setembro de 2014

Tricologia

Polímeros e hair care

Julho/Agosto 2011

Valcinir Bedin

Valcinir Bedin

colunistas@tecnopress-editora.com.br

Os cabelos trazem polímeros na sua composição. Os efeitos desejados para shampoos, condicionadores e produtos para penteados dependem dos polímeros.

A própria etmologia da palavra “polímero” já nos dá uma noção do que eles são: moléculas muito grandes, formadas pela junção de pequenas moléculas, unidas quimicamente. Podemos classificar o polímero como homopolímero, quando ele é composto por um único tipo de molécula, repetida inúmeras vezes, ou como copolímero, quando é composto por muitas unidades de dois ou três tipos de molécula diferentes.

Os polímeros podem ser naturais, como o próprio DNA ou o RNA, a teia da aranha, a celulose e a borracha. Eles também podem ser sintetizados em laboratório e assim assumir as formas que se queira dar, como linear, ramificada ou até formas tridimensionais, chamadas de dendrímeros.

Esses polímeros têm inúmeros usos, dependendo da sua estrutura, isto é, eles podem ser feitos com a finalidade específica de serem usados em vários tipos de artigo, desde vidros à prova de bala até material para a construção de aviões! Na área da saúde podemos encontrá-los em drogas de liberação especial, implantes que substituem ossos e, na área da estética, em implantes para minimizar rugas e sulcos.

Nos produtos para cuidado com os cabelos, vamos encontrá-los em:

Shampoos - muitos polímeros são bastante úteis em shampoos, pois ajudam a espessar e manter a viscosidade do produto, o que dá a consistência desejada pelo consumidor. É muito mais fácil aplicar um shampoo ou condicionador se ele não escapar entre os dedos quando derramado da embalagem nas mãos. Alguns desses polímeros também são utilizados como estabilizadores de emulsão, pelo fato de ajudarem a manter a formulação de óleo-em-água, o que é mais típico em produtos para cabelos. Dentre os produtos mais utilizados para essas finalidades, estão: hidroxi-etil-celulose, hidroxi-propil-metil-celulose, carboximetil, harboxymethyl hidroxipropil e carbômero (ácido poliacrílico, acralates/C10-130 alquil acrilato).

Condicionadores - Polímeros catiônicos são muito usados como agentes de condicionamento para o cabelo. Esses polímeros são quimicamente modificados para ter cargas positivas ao longo de sua estrutura. Como o cabelo tem carga negativa, esses polímeros ficam eletricamente vinculados à superfície do fio e, quando aplicados sob o chuveiro, vão resistir a ser lavados pela água. Isso fará que as cutículas sobre a superfície do cabelo permaneçam na posição horizontal, o que dará textura suave e aparência brilhante para o cabelo. Esses polímeros também ajudam a separar e proteger cada fio de filamentos adjacentes, o que evita o embaraço e facilita o pentear. Esses tipos de polímero sao conhecidos como polyqyaternium no sistema de nomenclatura INCI.

Silicones também são ingredientes muito usados pelos formuladores de produtos para o cuidado dos cabelos, devido às suas propriedades de condicionamento. Esses polímeros se depositam sobre a superfície do cabelo e agem para reduzir o atrito no ato de pentear, proporcionando efeito emoliente, transmitindo brilho e reduzindo a carga estática entre os fios de cabelo, evitando assim o aspecto “armado” dos penteados.

Dentre os silicones mais utilizados na indústria dos condicionadores, estão: poliquatérnio-10, poliquatérnio-7, poliquatérnio-11, cloreto de hidroxi-propil-trimônio. Exemplos de silicones são: dimeticone, amodimeticone, ciclopenta-siloxano, ciclometicone, copolióis dimeticone e dimeticonol.

PEG - é o polietileno glicol, um polímero solúvel em água, que reage facilmente a uma variedade de outras moléculas. O número associado ao PEG na nomenclatura INCI é um indicativo do número de unidades repetidas PEG presentes. Quanto maior o número, maior a solubilidade em água da molécula modificada. Essas moléculas modificadas podem ser usadas ​​como emulsionantes, modificadores de viscosidade, tensoativos e umectantes. Dentre os produtos PEG que temos mais comumente usado em produtos para cabelos, estão: o PEG-150 diestearato e o PEG-10 laurato sorbitano.

Formadores de filmes - os polímeros são muitas vezes a fonte de “sustentação” em produtos para penteados, como gel de cabelo e hair sprays. Esses polímeros formam um depósito sobre a superfície dos fios de cabelo e fazem que eles sejam atraídos um pelo outro por meio de forças capilares. Os polímeros, em seguida, secam para formar filmes. O filme é forte o suficiente para manter os cabelos juntos até que ele seja removido por meio de lavagem, ou até que seja quebrado devido à ação de forças mecânicas sobre o cabelo (o ato de penteá-lo agressivamente).

Cosmetics Online

Outros Colunistas:

Adolfo Braga Neto - Mediação Antonio Celso da Silva - Embale Certo Artur João Gradim - Assuntos Regulatórios Carlos Alberto Pacheco - Mercado Carlos Alberto Trevisan - Boas Práticas Carmita  Magalhães - Fragrâncias Cristiane M Santos - Direito do Consumidor Denise Steiner - Temas Dermatológicos Dermeval de Carvalho - Toxicologia Emiro Khury - Assuntos Regulatórios John Jimenez - Tendências Luis Antonio Paludetti - Manipulação Cosmética Luiz Brandão - Assuntos Regulatórios Valcinir Bedin - Tricologia Wallace Magalhães - Gestão em P&D Cosmetics Online

Compartilhe

  • Twitter
  • Facebook
  • Orkut
  • Voltar
Cosmetics